Seja como vocalista do Barão Vermelho, seja trabalhando em seu projeto solo, o guitarrista, compositor e cantor Rodrigo Suricato não para. Com um novo álbum da banda recém lançado, o músico desembarca na próxima sexta em Belo Horizonte para apresentar outro trabalho fresquinho: o CD “Na Mão As Flores”, terceiro disco do projeto individual dele. 

“Não conheço outro artista que faça isso no Brasil, que é ter uma banda e continuar na estrada com um projeto solo. É um momento feliz de descoberta minha comigo mesmo. É também um momento de liberdade”, pondera o músico.

Inspirado, Suricato conta que produziu o disco a partir de outras 30 composições. “Estava tão imerso com o repertório que acabei tocando praticamente todos os instrumentos, produzi o trabalho. Cuidei de todo processo”. 

Com as composições recentes, o músico mergulha nas questões humanas e na experiência de sobreviver em um contexto conturbado. “Embora a arte seja uma forma de política, eu não sou um soldado de trincheira. Gosto de falar sobre o ser humano em meio ao caos. Não falo sobre o Rodrigo Suricato, falo sobre o ser humano, não o de direita ou o de esquerda”, sublinha. O cenário atual não inspirou apenas as novas composições, mas também a versão da clássica “Nossos Pais”. 

“Essa música saltou desse momento político. Fez todo o sentido para mim agora, mesmo que tenha sido composta há mais de 40 anos”, afirma o artista.

Reforçando a pegada pessoal do disco, a releitura coloca em cena o Suricato guitarrista. “Dei a minha personalidade artística para ela. É a única música que tem uma guitarra no disco, que tem uma pegada mais folk”, conta. 

Banda de Homem Só
Assim como na gravação do disco, que teve o músico assumindo praticamente todos os instrumentos, o show em BH também traz o espírito da banda de um homem só. No palco, Suricato se divide entre guitarra, baterias eletrônicas e percussão. “É um show muito dinâmico, diferente de um violão e voz. Não é para dormir, é para assistir porque tem muita coisa acontecendo ao mesmo tempo. Meu corpo inteiro está produzindo música como um relógio”. 

SERVIÇO
Suricato lança o disco “Na Mão As Flores”, sexta-feira, às 22h, n’A Autêntica (Rua Alagoas, 1172 – Savassi). Ingressos de R$ 20 a R$ 50