A série infantil Porto Papel, que usa a técnica de paper motion - uma fusão entre animação 2D e stop motion de brinquedos de papel - vai estrear na TV Cultura no próximo sábado (27). Na produção, Matilde é uma menina de 12 anos que passa as férias na casa do avô, um pirata de 120 anos, na cidade fictícia de Porto Papel.

Após se deparar com um misterioso coco mágico, ela recebe poderes extraordinários e, a cada dia, passa a acordar com um poder diferente. Porém, seus poderes são um tanto absurdos e não muito úteis, o que a faz entrar sempre em confusão com seus amigos Carlos, Ferni e Boldo. É a realização de um sonho e, ao mesmo tempo, um pesadelo.

Porto Papel foi coproduzida por Brasil, Chile, Colômbia e Argentina e se tornou o único programa infantil latino-americano a conquistar o Prix Jeunesse Internacional 2016. A estreia na TV Cultura e no aplicativo Cultura Digital será no próximo sábado, às 9h45.

Ao longo dos episódios, na companhia dos melhores amigos, Matilde encara aventuras que tornam suas férias inesquecíveis. A série, cujos cenários e personagens são feitos inteiramente de papel, também conquistou o prêmio de Melhor Série de Animação no Chilemonos, Festival Internacional de Animação realizado no Chile.

Leia mais:
Nova novela 'Órfãos da Terra' mostra cultura árabe
Thiago Gagliasso é nomeado para Secretaria de Cultura do Rio