Depois que uma pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) apontou, na semana passada, que 65% dos entrevistados acreditam que uma mulher vestida com uma roupca curta merece ser estuprada, houve uma mobilização na internet de vários setores da sociedade contrários ao machismo.

A campanha mais comentada foi da jornalista Nana Queiroz, que convocou mulheres a se fotografarem com a frase "Não mereço ser estuprada" estampada em seus corpos. A jornalista recebeu tantas ameaças pela internet que até a presidente da República, Dilma Rousseff, se prontificou a sua garantir segurança.

Em Belo Horizonte, o grupo Djambê também deixou seu recado. A vocalista Priscilla Glenda criou uma letra para a música "#EuNãoMereço (Ninguém Merece)" e um vídeo foi postado na quinta-feira (3). Vale a pena conferir. Quem quiser ouvir o som ao vivo, o Djambê se apresenta na Gruta! (rua Pitangui, 3613), no sábado (5), a partir das 22 horas. Entrada por R$ 12.
 
Confira a letra e o vídeo:
 


 
#EuNãoMereço (Ninguém Merece) - Priscilla Glenda

Quem te deu esse direito de falar assim comigo?
Quem você pensa que é pra tentar se aproximar?
Eu não lhe conheço, nem quero saber.
O que você pensa a meu respeito não precisa me contar.

Guarde pra você todas as palavras, os olhares, a malícia que só enxerga quem quer ver.
Meu jeito de andar, a minha saia, minha blusa decotada não são convites pra você.

Minha liberdade vai além do seu desejo.
Eu não sou boneca programada pra te dar prazer.
Olha no meu olho, vê se mostra algum respeito.
Eu sou minha, escolho comigo quem vai.
Meu corpo, minhas regras, nada mais!
Demorei muito pra dizer.