ANCARA - Um casal de turistas americanos que embarcou em janeiro no aeroporto de Los Angeles com destino a Dacar, no Senegal, em um voo da Turkish Airlines, aterrizou em Daca, capital de Bangladesh, a mais de 11 mil quilômetros de distância, devido a um erro de sistema, informaram algumas fontes da companhia turca.

"Os turistas compraram seus bilhetes por telefone e nosso pessoal em Los Angeles cometeu um equívoco. Eles foram registrados em um voo para Bangladesh", explicou à AFP o porta-voz da companhia aérea, Ali Genç.

De acordo com o representante da empresa, o funcionário registrou o código DAC nos bilhetes do casal, que corresponde ao aeroporto de Daca, quando o correto seria DKR (de Dakar, grafia inglesa da cidade), disse.

Os americanos só perceberam o erro quando já estavam no avião porque o trajeto era muito diferente. Quando chegaram a Daca, os turistas foram, finalmente, para Dacar, onde chegaram dois dias depois do previsto.

"Evidentemente foi um erro nosso e pedimos desculpas aos passageiros afetados pelo equívoco", disse Genç.