Bueno Junior é recém-nascido, foi rejeitado pela própria genitora, mas agora tem a chance de sobreviver, graças à bondade de uma "mãe adotiva". Ele é um macaco-barrigudo que cabe na palma da mão, e agora ficará sob os cuidados da Dr. Alison Cronin.

Com a nova família, Bueno já tem tratamento especial, é alimentado com garrafinhas de leite e ainda come arroz quatro vezes ao dia. Para aquecê-lo, Alison o mantem em um cobertor macio, informa uma reportagem do periódico britânico Daily Mail.

A gestação que resultou no nascimento do macaco no Monkey World, em Dorset, no Reino Unido, só foi percebida quando os funcionários encontraram a mãe dele tendo contrações.

O trabalho de parto foi difícil e a macaca acabou rejeitando o filhote. "Não foi uma surpresa muito grande, depois de tudo o que ela passou", revela a médica que cuida do bicho agora.

Ele deverá ficar sob a atenção humana por cerca de cinco meses, até ser reintegrado a um grupo do parque.