Bruno Fernandes, o goleiro Bruno, condenado pelo assassinato da ex-modelo Eliza Samudio, causou polêmica nesta quarta-feira (17) após postar uma foto com um pitbull no Instagram. 

Eliza Samudio desapareceu aos 25 anos, em 2010, e seu corpo nunca foi encontrado. Segundo investigações do crime, a amante do atleta teria sido morta, esquartejada e seus restos mortais jogados para cachorros. Bruno foi julgado no Tribunal de Justiça de Minas Gerais, em 2013 e recebeu uma setença de 22 anos e 3 meses pelo assassinato e ocultação de cadáver de Eliza Samudio e pelo sequestro e cárcere privado do filho Bruninho. Na época, o jogador foi considerado o mandante do crime e a pena foi reduzida porque ele confessou o crime.

Nos comentários da publicação, muitos internautas associaram o animal à morte da ex-modelo. “Ele só come ração ?” “Só não pode dar carne a ele”, “Cachorro novo mastiga tudo”, foram alguns dos comentários deixados na postagem.

Atualmente, Bruno cumpre parte da sentença de 22 anos em regime aberto pelo crime. Eliza foi assassinada enquanto ele era goleiro do Flamengo.

Leia mais:
Flamengo é denunciado no STJD por canto homofóbico em jogo com Grêmio
Cruzeiro perde para o Remo no Independência e chega a três jogos sem vitórias