Conteúdo de inteira responsabilidade da Naza Music Entretenimento

O Vijazz Blues Festival apresenta no dia 26 de novembro às 21 horas no Grande Teatro do Sesc Palladium em BH o show Vijazz Pela Volta da Autêntica com o show de Romero Lubambo Trio e participações especiais de: Juarez Moreira, Robertinho Silva e Tulio Mourão.

A Autêntica construiu, nos seus cinco anos de existência, uma história de valorização da música do agora e conquistou o afeto de artistas e amantes da música. Fechada em decorrência da pandemia, a casa promete agora uma volta triunfal, em um espaço maior, que também carrega uma linda bagagem musical. O antigo Cine Santa Ephigenia, que abrigou durante anos o saudoso Lapa Multshow, será o novo lar d’A Autêntica. A casa está em campanha de financiamento coletivo para viabilizar a reforma do telhado, e para isso tem contado com apoio de público e artistas. Romero Lubambo, juntamente com os demais artistas participantes, em uma demonstração de carinho e generosidade, está doando o seu cachê para a campanha. A bilheteria será inteiramente revertida para a campanha “Te Vejo Na Autêntica”, que está no ar desde outubro.

Após sua primeira edição em 2007, o ViJazz cresceu e se consolidou como o maior festival do gênero em Minas e um dos maiores do país. Com uma média de público de 30.000 pessoas por edição, apresenta sempre atrações de qualidade, reunindo artistas mineiros, de outros estados e também estrangeiros. De caráter itinerante, as próximas cidades são Ouro Preto (27/11) e Teixeiras (17/12).

Conheça um pouco mais sobre os artistas:

Romero Lubambo Trio

O trabalho do Romero Lubambo Trio se baseia nas influências que direcionaram a vida do violonista Romero Lubambo, que é nascido no Rio de Janeiro, mas grande parte da sua família tem origem nordestina. Portanto, a música popular brasileira, de norte a sul do país, está desde cedo na sua vida musical.

Nos últimos 35 anos, Romero Lubambo tem vivido em Nova York, o que lhe proporciona um grande contato com o jazz e blues, além de conviver e tocar com alguns nomes que são referência nesses segmentos musicais.

O resultado se reconhece no estilo “Romero Lubambo”, que é uma mescla desses três universos musicais, o que tem impressionado críticos de vários países onde ele se apresenta, tornando-o referência como um dos mmaiores “jazzistas” da atualidade.

No Brasil, Romero fez parte do trabalho “Dos Navegantes”, junto com Edu Lobo e Mauro Senise, que ganhou o Grammy Latino de 2017, e um novo CD, em 2018, chamado “Quase Memória”. Em 2019, Romero lançou um CD ao lado do pianista Peter Martin, nos EUA.

Em 2020, durante a quarentena, o “Romero Lubambo Trio” apresentou o show comemorativo sobre os 50 anos de carreira de Romero Lubambo no projeto “Em casa com o SESC, com canções do CD “Sampa”, gravado no Brasil e lançado em Nova York e São Paulo.

Em 2021, Romero continuou com seus projetos com Dianne Reeves, Trio da Paz e ainda foi convidado da cantora Billie Eilish para gravar no seu filme/concerto “Happier than Ever : A love letter to Los Angeles” , fato que gerou uma divulgação mundial do nome dele, principalmente para o público jovem, e as matérias jornalísticas sobre o assunto , se referiram a ele como maior personalidade do jazz brasileiro nos EUA .

Robertinho Silva

Percussionista e baterista carioca de Realengo, Robertinho é autodidata e aos 15 anos já trabalhava profissionalmente em bailes, estudando pelo método de Gene Krupa. Em 1969 conheceu Milton Nascimento, com quem tocou por 25 anos fazendo parte do grupo Som Imaginário (com Wagner Tiso e Luiz Alves). Robertinho tornou-se um dos percussionistas mais requisitados da MPB, tocando também ao lado de João Donato, Gilberto Gil, Toninho Horta, Gal Costa, João Bosco, Chico Buarque, Nana Caymmi e outros célebres.

Túlio Mourão

Pianista, compositor e arranjador, Túlio é protagonista de uma rica história dentro da Música Brasileira. Integrou a banda Mutantes na fase do rock progressivo e em seguida esteve na banda de artistas como Milton Nascimento, Maria Bethânia, Chico Buarque, Ney Matogrosso, Fagner, entre outros. Tem em sua discografia 15 CDs lançados, entre trilhas orquestrais, canções e jazz/instrumental, além dos principais prêmios por trilhas sonoras para o cinema. 

Juarez Moreira

O violonista e compositor Juarez Moreira começou a tocar cedo, por influência do pai, que o apresentou a bossa nova, o jazz e a música
brasileira produzida nos anos 50. Violonista, guitarrista, compositor e arranjador, já se apresentou ao lado de importantes nomes da música, como Milton Nascimento, Maria Bethânia, Wagner Tiso, Toninho Horta e Lô Borges.

A idealização e coordenação é da produtora Vi Produções.

ViJazz & Blues Festival - 14 ª edição 2021
Atrações: 
Romero Lubambo Trio
Participações especiais: Juarez Moreira, Robertinho Silva e Túlio Mourão
Data: 26 de novembro – 21 horas
Local: Grande Teatro do Sesc Palladium - R. Rio de Janeiro, 1046 – Centro – BH (www.sescmg.com.br)
Telefone: (31) 3270-8100
Ingressos: R$ 50,00 (preço único)
Próximas cidades: Ouro Preto27/11 e Teixeiras -17/12.

A renda dos ingressos presenciais do show de Belo Horizonte será destinada à campanha “Te Vejo na Autêntica”, casa de shows que ocupará o espaço Lapa Multshow em 2022. 

Assista: