O rapper Djonga, que estourou nas paradas de sucesso nos últimos dois anos, é a mais nova atração confirmada da Virada Cultural de BH. O cantor belo-horizontino, que recentemente lançou a música "Ladrão", irá se apresentar no dia 21 de julho. O local ainda não foi divulgado.

Além dele, também já estão confirmados para o evento, que terá duração de 24 horas e ocorrerá nos dias 20 e 21 de julho, os baianos Daniela Mercury e ÀTTØØXXÁ. A cantora de axé agitará o público mineiro no dia 20 de julho, no palco montado da Praça da Estação.

Já a banda ÀTTØØXXÁ, que mistura dança baiana e o groove do pagodão, fará seu show na capital mineira no dia 21. Os integrantes do grupo, formado por Rafa Dias, Oz, Raoni Knalha e Chibatinha, prometem trazer para BH o termo #METEDANÇA, para colocar todo mundo para dançar.

Conforme a prefeitura, a Virada Cultural terá cerca de 400 atrações gratuitas. Mais de 500 mil pessoas devem participar do circuito.

"Viradão" gastronômico

Além do circuito cultural, o evento ainda terá o "Viradão" gastronômico, com a participação de 30 botecos. Durante as 24 horas de festa, os bares e restaurantes da área central da cidade vão destacar pratos para serem apreciados com valores de até R$ 20. Feijão tropeiro, mexidão, carne cozida de estufa, joelho de moça, linguiça de estufa, cachorro quente, acarajé e empadinha estarão no cardápio. Haverá opção para veganos, vegetarianos e apaixonados por doces, também.

Leia mais:
Virada Cultural de BH terá circuito gastronômico com 30 bares e restaurantes
Virada Cultural de BH divulga lista com pré-selecionados via edital