Zélia Duncan leva três prêmios em festa com tom político de Gonzaguinha

27ª edição do Prêmio da Música Brasileira

Folhapress
Hoje em Dia - Belo Horizonte
23/06/2016 às 13:24.
Atualizado em 16/11/2021 às 04:01
 (Caique Cunha / Divulgação)

(Caique Cunha / Divulgação)

Zélia Duncan foi a grande vencedora da 27ª edição do Prêmio da Música Brasileira, na cerimônia na noite desta quarta (22), no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Ganhou em três categorias: canção, por "Antes do Mundo Acabar" (parceria com Zeca Baleiro), melhor álbum de samba e melhor cantora de samba.

Zeca Baleiro foi um dos que levou dois prêmios. Venceu também o de melhor projeto especial, com o álbum "Café no Bule", gravado com Paulo Lepetit e Naná Vasconcelos (morto este ano). Outros que levaram a melhor em duas categorias foram Elba Ramalho, Fafá de Belém e Caetano Veloso, que agora acumula 19 estatuetas na história do prêmio. Uma delas foi vencida ao lado de Gilberto Gil, pelo álbum ao vivo "Dois Amigos, Um Século de Música". Internado em São Paulo para tratamento renal, Gil foi representado pelo filho. 

Leia mais

Mas nenhum cantor ou cantora brilhou tanto no palco como o ator Julio Andrade. Ele personificou o homenageado da noite, Gonzaguinha (1945-1991), repetindo o papel que desempenhou no filme "Gonzaga: De Pai para Filho" (2012). Mais uma vez, impressionou a todos, contando a vida do cantor em monólogos espalhados pela premiação. Os textos destacaram o caráter político do trabalho do compositor, despertando gritos de "Fora Temer" na plateia. 

Todos os números musicais da festa foram canções de Gonzaguinha, e alguns levantaram o público, como Criolo cantando a contundente "Comportamento Geral", Ney Matogrosso com "Explode Coração" e o emocionante dueto de Luiz Melodia e Angela Ro Ro na passional "Grito de Alerta". 

Além de um número com Andrade e três filhos de Gonzaguinha, a noite também teve performances de Filipe Catto e Simone Mazzer, Dônica, João Bosco, Elza Soares e Seu Jorge. Idealizado e dirigido por José Maurício Machline, o Prêmio da Música Brasileira é o mais longevo do gênero e segue destacando artistas independentemente de sucesso de vendas. Nesta edição, por exemplo, premiou Simone Mazzer (categoria revelação), Alfredo
 Del-Penho (melhor cantor de samba), Moacyr Luz e o Samba do Trabalhador (melhor grupo de samba) e DJ Tudo (melhor álbum eletrônico). 

Confira os vencedores nas principais categorias: 

MPB 
Melhor álbum - Caetano Veloso & Gilberto Gil, "Dois Amigos, um Século de Música"
Melhor cantor - Caetano Veloso
Melhor cantora - Virgínia Rodrigues
Melhor grupo - Dônica 

SAMBA 
Melhor álbum - Zélia Duncan, "Antes do Mundo Acabar"
Melhor cantor - Alfredo Del-Penho
Melhor cantora - Zélia Duncan
Melhor grupo - Moacyr Luz e o Samba do Trabalhador 

CANÇÃO POPULAR 
Melhor álbum - Fafá de Belém, "Do Tamanho Certo para o Meu Sorriso"
Melhor cantor - Roberto Carlos
Melhor cantora - Fafá de Belém
Melhor dupla - Chitãozinho & Xororó 

ESPECIAIS 
Melhor canção - Zélia Duncan e Zeca Baleiro, "Antes do Mundo Acabar"
Melhor álbum eletrônico - DJ Tudo, "Gaia Música Vol. 1"
Melhor álbum infantil - Palavra Cantada, "Para Ficar com Você"
Melhor álbum de língua estrangeira - Cauby Peixoto, "Cauby Sings Nat King Cole"
Revelação - Simone Mazzer
DVD - Adriana Calcanhotto, "Loucura: Adriana Calcanhotto Canta Lupicinio Rodrigues"
Projeto especial - Zeca Baleiro, Naná Vasconcelos e Paulo Lepetit, "Café no Bule"
Projeto visual - Tulipa Ruiz e Terza Bettinardi, "Dancê"
Arranjador - Guinga, "Porto da Madama"
Álbum erudito - Orquestra Sinfônica do Estado de São Paiulo, "Sinfonia nº 12, Uirapuru e Mandu-Çarará, de Villa-Lobos" 

MÚSICA REGIONAL 
Melhor álbum - Elba Ramalho, "Cordas, Gonzagas e Afins"
Melhor cantor - Xangai
Melhor cantora - Elba Ramalho
Melhor dupla - Almir Sater & Renato Teixeira
Melhor grupo - Ilê Ayiê 

POP/ROCK/REGGAE/HIP HOP/FUNK 
Melhor álbum - Elza Soares, "A Mulher do Fim do Mundo"
Melhor cantor - Lenine
Melhor cantora - Gal Costa
Melhor grupo - Titãs 

MÚSICA INSTRUMENTAL 
Melhor álbum - Tocada à Amizade, "Tocata ã Amizade"
Melhor solista - Hamilton de Holanda
Melhor grupo - Tocata à Amizade"

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por