Confronto entre torcidas organizadas de Atlético e Cruzeiro termina com 2 homens gravemente feridos

Gledson Leão
gleao@hojeemdia.com.br
12/11/2020 às 11:59.
Atualizado em 27/10/2021 às 05:01
 (Reprodução/Google Street View)

(Reprodução/Google Street View)

Dois homens, de 28 e 36 anos, ficaram gravemente feridos após torcedores de Atlético e Cruzeiro entrarem em confronto na madrugada desta quinta-feira (12), em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). 

De acordo com a Polícia Militar, integrantes de uma organizada do Atlético comemoravam aniversário de 36 anos da torcida por volta das 20h de quarta-feira, em um espaço alugado no bairro Industrial. 

Ainda segundo o Boletim de Ocorrência (BO), no fim do evento, já nesta madrugada, quando os participantes estavam indo embora, foram surpreendidos por pessoas que seriam da torcida do Cruzeiro, que estavam em cerca de dez veículos.

Houve briga, com aproximandamente 200 envolvidos. Paus e pedras viraram armas, assustando as pessoas que passavam pelo local. Conforme a PM, três veículos ficaram totalmente destruídos.

Dois homens, em estado grave, foram levados por policiais para o Hospital Municipal de Contagem. A direção da unidade de saúde informou que o rapaz de 28 anos, vítima de espancamento, está sob os cuidados da equipe multidisciplinar de neurologia. Ele está com hematomas e edemas no rosto e na cabeça. Ele passou por exames e encontra-se estável.

Já o homem de 36 anos está sob os cuidados de outra equipe, passa por exames e permanece estável. Ele está "com trauma de face importante" e hematomas nas costas, mas consciente.

A reportagem tentou contato com representantes das duas torcidas organizadas envolvidas na confusão, mas não conseguiu retorno.

Confira vídeo postado nas redes sociais:

Mafia Azul foi ate a festa da Galoucura nessa quarta-feira.2 feridos pic.twitter.com/QaakRxzD8l— Diego (@Dollar9292) November 12, 2020
Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por