Hippies da Savassi e Praça da Liberdade são alvos de fiscalização da PM e PBH

Da Redação
portal@hojeemdia.com.br
06/04/2017 às 16:04.
Atualizado em 15/11/2021 às 14:02

Uma fiscalização da Polícia Militar em conjunto com a Prefeitura de Belo Horizonte na Praça da Liberdade e na Savassi, na Região Centro Sul de Belo Horizonte, nesta quinta-feira (6), flagrou vários hippies e artesãos nos locais, onde por lei é proibida a atividade. A ação é de caráter educativo e eles receberam orientações quanto à legislação municipal. 

De acordo com portaria da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, que regulamenta as atividades exercidas pelos artesãos nômades ou hippies, em local público, os produtos poderão ser expostos apenas nos seguintes endereços: Rua dos Carijós, no quarteirão fechado, entre Praça Sete e Rua São Paulo; Rua Rio de Janeiro, no quarteirão fechado, entre Praça Sete e Rua dos Tamoios; além da Praça Rio Branco.

Ainda de acordo com a norma, “é proibida a venda das peças e objetos artesanais confeccionadas pelos expositores, que poderão aceitar contribuições, desde que feitas de forma espontânea.

Segundo a Polícia Militar, foram realizadas duas fiscalizações. Uma pela manhã e outra à tarde, quando, segundo a PM, o número de artesãos irregulares diminuiu em relação à primeira intervenção.

Ninguém foi preso. Houve apenas apreensão de produtos de um dos hippies que não atendeu as orientações dos fiscais. 

A expectativa é que novas operações sejam realizadas nos próximos dias.



 

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por