Plataforma estimula alimentação saudável entre colaboradores

01/12/2021 às 13:59.
Atualizado em 08/12/2021 às 01:11

A Vidalink, empresa de benefício corporativo que atua levando mais bem-estar para os colaboradores das empresas brasileiras, acaba de lançar mais uma novidade em seu plano de bem-estar corporativo: o Vidalink Nutri - pilar de alimentação saudável, que busca unir o conceito entre alimentação saudável e o prazer de comer bem.

Agora, por meio do app de bem-estar, colaboradores das empresas brasileiras têm acesso a conteúdo sobre alimentação saudável, um serviço de nutrição online personalizado pela equipe de nutrição da Vidalink, que construiu mais de 48 planos alimentares considerando diferentes perfis e necessidades do colaborador brasileiro. Por meio da avaliação feita pela Vida - wellbot de bem-estar da Vidalink - ela identifica os hábitos alimentares dos colaboradores levando em consideração seus objetivos e características individuais tais como: doenças crônicas pré-existentes, alergias e intolerâncias.

Tudo isso de forma simples e prática com acompanhamento de desempenho para que o beneficiário se mantenha firme em sua mudança de hábitos alimentares, com dicas de como manter a atenção plena ao se alimentar. Além disso, também terá acesso aos conteúdos que estimulam melhores escolhas na hora de fazer as refeições, dentro e fora de casa ou no momento de prepará-los. 

A proposta do Vidalink Nutri não é só mostrar o caminho das pedras, mas também guiar o usuário nessa jornada. Fazer com que, por meio de avaliações trimestrais, ele consiga perceber sua evolução na adoção de hábitos alimentares mais saudáveis, trazendo de quebra um ganho para as organizações, pois bons hábitos alimentares impactam no rendimento e na qualidade de vida dos colaboradores e nos negócios.

Para o CEO e cofundador da Vidalink, Luis González, é fundamental que as empresas se conscientizem da importância de se implementar um programa nutricional para seus colaboradores, incluindo práticas simples de mudanças no ambiente organizacional. “Nós podemos auxiliar as companhias a fazerem isso por meio da nossa expertise, trazendo, por exemplo, o suporte especializado para o desenho de planos nutricionais, soluções tecnológicas, que permitam o estímulo e o acompanhamento dessas mudança de hábitos, sobretudo em tempos de home office, além da mensuração dos resultados alcançados”, diz. 

Clarissa Fujiwara, nutricionista, mestre em ciências pela USP e parceira da Vidalink na construção dos conteúdos dos planos alimentares do Vidalink Nutri, complementa que, na volta para o escritório, as mudanças na rotina podem ser mais simples, tais como: não deixar o café dos colaboradores adoçado, evitar o estímulo ao consumo de doces em detrimento de frutas e oleaginosas, a substituição de máquinas de snacks ultraprocessados por lanches naturais. “Na hora de estimular bons hábitos, por que não uma horta caseira mantida pelos colaboradores?”, provoca.   

Essas dicas simples vão fazer parte, por exemplo, do conteúdo trazido pelo wellbot de bem-estar da Vidalink ajudando a conscientizar aos poucos os benefícios sobre a importância de reduzir o consumo de açúcar, evitar o consumo de ultraprocessados, entre outras dicas práticas para melhorar a qualidade da alimentação no dia a dia.

Nutrição e obesidade

Conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2019, no Brasil, uma em cada quatro pessoas de 18 anos ou mais estavam obesas. O número equivale a 41 milhões de indivíduos. Já o sobrepeso peso atingia 60,3% da população de 18 anos ou mais de idade, o que corresponde a 96 milhões de pessoas, sendo 62,6% das mulheres e 57,5% dos homens. O Ministério da Saúde informa que a obesidade teve um crescimento de 72% nos últimos 13 anos. Em 2006 passou de 11,8% para 20,3% e em 2019, sua frequência ficou igual entre homens e mulheres.

Embora o emagrecimento não seja o único foco do Vidalink Nutri, sabe-se que há uma grande parcela da população economicamente ativa com sobrepeso. Assim, entre os 48 planos alimentares desenvolvidos exclusivamente pelo time de nutricionistas do Vidalink Nutri, o emagrecimento saudável é um deles. 

Em uma análise para validação de hipótese do produto, conduzida nos pré-lançamento do Vidalink Nutri, foi constatado pela maior parte dos usuários beta-testers, sobretudo mulheres na faixa dos 30 a 45 anos, o interesse na perda de peso. Um dos diferenciais do pilar é justamente mapear os diferentes interesses dos usuários, permitindo a personalização não só a partir do objetivo, mas também da necessidade de cada um. Assim conscientizamos os usuários sobre a importância de comer bem, além do simples emagrecimento.

Os dashboards de plano de bem-estar Vidalink mostram a autopercepção dos colaboradores e os níveis de satisfação com relação a sua saúde mental, atividade física e adesão ao tratamento medicamentoso. Isso mostra que para se ter qualidade de vida é necessário levar em consideração todos os pilares e que um plano de bem-estar estruturado pode fazer a diferença na vida e na saúde de sua população.

“Acreditamos que com o lançamento do Vidalink Nutri - pilar de alimentação saudável do nosso plano de bem-estar, nos mantemos no propósito de promover a cultura de bem-estar corporativo que tanto acreditamos para as empresas de todo o Brasil”, diz o CEO da Vidalink, Luis González.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por