Após eliminação, Foster-Hyilton chora em Londres

Gazeta Press
06/08/2012 às 07:22.
Atualizado em 22/11/2021 às 00:11
 (Olivier Morin/AFP)

(Olivier Morin/AFP)

A disputa dos Jogos Olímpicos não reserva apenas momentos de alegria com a conquista de medalhas. Nesta segunda-feira, a jamaicana Brigitte Foster-Hylton chamou a atenção ao chorar copiosamente depois das eliminatórias dos 100m com barreiras.

A veterana, de 37 anos, participou da última bateria da prova. Sexta colocada em Pequim, era cotada para disputar mais uma final. Contudo, tropeçou em uma barreira, perdeu o ritmo na parte final e acabou eliminada ao chegar em sétimo, com a marca de 13s98.

O desespero levou Brigitte Foster-Hylton a deitar na pista do estádio Olímpico e chorar. Imediatamente, ela foi consolada por adversárias.

Nas eliminatórias dos 100m com barreiras, o melhor tempo esteve na mesma bateria de Brigitte Foster-Hylton. A norte-americana Lolo Jones ganhou a série com 12s68.  A semifinal e a final dos 100m com barreiras está prevista para esta terça-feira.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por