Mais de 50 pássaros silvestres são apreendidos em casa no bairro Juliana

Hoje em Dia
05/03/2015 às 16:52.
Atualizado em 18/11/2021 às 06:14
 (Polícia Civil / Divulgalção)

(Polícia Civil / Divulgalção)

Mais de 50 aves silvestres foram apreendidas na tarde desta quinta-feira (5), em uma residência no bairro Juliana, na região Norte de Belo Horizonte. Um homem foi detido durante a operação da Polícia Civil. Ele comprava os pássaros no interior de Minas Gerais, onde eram retirados do habitat natural, para serem comercializados na capital mineira.   Segundo a delegada da Divisão Especializada de Proteção ao Meio Ambiente (DEMA), Margareth de Freitas, a apreensão  é fruto de uma investigação da Polícia Civil. Ela relata que as aves estavam no quintal da residência e não houve crime de maus tratos, apenas da comercialização ilegal, sem autorização dos órgãos ambientais competentes.   “Tudo indica que ele fazia esse comércio há anos. A cidade onde ele comprava os pássaros não pode ser revelada, pois as investigações continuam”, afirmou a delegada.   Ao todo, foram 51 aves, sendo 45 da espécie trinca-ferro, dois estrelinhas, dois pintassilgos, um canário-da-terra e um patativa. O homem apreendido é Nilton Teixeira de Cairés, de 60 anos. Ele foi levado para a delegacia, ouvido e liberado, em função do crime ser de menor potencial ofensivo. Um Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO) foi lavrado e uma audiência foi marcada na Justiça para o suspeito responder pelo comércio ilegal.   Na última semana, a Divisão Especializada de Proteção ao Meio Ambiente (DEMA) também fez a apreensão de outras dez aves na zona Norte de Belo Horizonte.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por