Minas Gerais já registrou 523.403 casos prováveis de dengue e 232 óbitos neste ano, segundo o Boletim Epidemiológico de Monitoramento dos casos de Dengue, Chikungunya e Zika Vírus, divulgado nesta terça (4) pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG). De acordo com o levantamento, houve uma diminuição dos casos prováveis divulgados neste boletim, em comparação com os do dia 21/09, quando foram registrados 523.590 casos.

Quanto aos casos de Chikungunya, foram 675 casos. E em relação à febre pelo Zika Vírus, foram 15.191 casos prováveis (casos confirmados + suspeitos) em Minas Gerais.

Já nos casos que envolvem febre pelo Zika em recém-nascidos com microcefalia, mães de recém-nascidos com microcefalia e gestantes, foram confirmados 964 casos de gestantes com doença aguda pelo Zika Vírus.

A SES-MG informou que mantém o Programa de Controle Permanente da Dengue, Chikungunya e Zika Vírus e as ações permanecem ativas durante todo o ano.

Leia mais:

Cientistas encontram vírus zika em lágrimas