Aeroporto de Confins planeja dobrar área de lojas em 2022; veja vídeo

Renata Galdino
rgaldino@hojeemdia.com.br
16/12/2021 às 20:54.
Atualizado em 29/12/2021 às 00:34
 (BH Airport/Divulgação)

(BH Airport/Divulgação)

Com obras no terminal de passageiros 1, que somam investimentos de cerca de R$ 128 milhões, o Aeroporto de Confins, na Grande BH, pretende dobrar a Área Bruta Locável (ABL) em 2022. 

Atualmente com um mix de 90 lojas, a BH Airport, administradora do terminal, já fechou contratos com novas marcas, que começam a ser inauguradas no início do ano. A ideia é, tornando a plataforma uma espécie de “shopping center”, atrair mais empresas e usuários.

As expectativas foram divulgadas nesta quinta-feira (15) durante encontro do CEO da empresa, Kleber Meira, com jornalistas. Em 2021, Confins fechará as operações com o atendimento a 7 milhões de passageiros, segundo ele.

“Os últimos dois anos (por causa da pandemia de Covid-19) não foram fáceis para o setor. Mas já retomamos as 45 rotas que fazíamos em dezembro de 2019 e estamos comercializando, no total, 48”, destacou Meira.

A remodelação do mix de lojas, informou o CEO, visa a atender os mais diversos segmentos de passageiros. 

Mirando os 40% de usuários que chegam ao aeroporto e aguardam por conexões, Kleber Meira disse que está em tratativas com o Circuito Cultural Banco do Brasil (CCBB), na região Centro-Sul da capital, e o Instituto Inhotim, em Brumadinho, na Grande BH, para a venda de destinos de lazer e cultural. “Da próxima vez que esse passageiro passar por aqui, ele poderá ficar mais alguns dias e conhecer os atrativos daqui. A intenção é melhorar a experiência dessas pessoas”, frisou.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por