44 bilhões de dólares

Elon Musk anuncia suspensão da negociação de compra do Twitter mas diz que 'ainda está comprometido'

Hermano Chiodi
hcfreitas@hojeemdia.com.br
13/05/2022 às 14:13.
Atualizado em 13/05/2022 às 14:41
 (YouTube / TED / Reprodução)

(YouTube / TED / Reprodução)

A venda do Twitter por mais de 44 bilhões de dólares, anunciada em 26 de abril, está suspensa e pode não ser concluída. Quem avisou sobre a interrupção do negócio foi o próprio Elon Musk, que fez a proposta de compra da rede social. 
 
O milionário sulafricano, criador da empresa Tesla de veículos elétricos e da SpaceX, que faz viagens particulares de turismo ao espaço, explicou, por meio de um tweet, que a suspensão temporária da negociação aconteceu para que, antes, verifiquem-se os cálculos em relação à quantidade de contas falsas e spams entre os usuários cadastrados na rede. Contudo, Elon Musk reafirmou sua intenção de concluir o negócio. “Ainda comprometido com a aquisição”, afirmou.

Caso desista da negociação, Musk terá que pagar 1 bilhão de dólares de multa.

Meme

O anúncio fez brotar piadas na internet:

Ações caíram

A 'tweetada' de Musk foi suficiente para que as ações do Twitter caíssem 12% antes mesmo da abertura dos mercados financeiros nos Estados Unidos. A intenção de Elon Musk é tornar a rede social uma empresa de capital fechado, caso conclua a compra.

De acordo com executivo, entre as iniciativas adotadas em caso de compra do Twitter estariam a diminuição da censura na rede, a abertura do código dos algoritmos, a redução de “robôs” e contas falsas e a monetização do conteúdo.

De todas as intenções declaradas pelo milionário, a que causa maior polêmica é a redução da censura. Na semana passada, Elon Musk afirmou que poderia retomar a conta do ex-presidente americano Donald Trump e há temores entre os usuários de que ele facilite a publicação de fake news na rede social.

Leia Mais:

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por