Uma enfermeira de 30 anos morreu nessa segunda feira (17) com suspeita de febre hemorrágica. De acordo com a assessoria do Hospital Regional de Ibirité, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, ela deu entrada no Pronto Atendimento da Unidade no domingo à noite, estava com febre, dores no corpo e relatou que tinha sido picada por um inseto. Ainda conforme o hospital, a enfermeira foi medicada, mas em menos de 24 horas o quadro complicou e ela não resistiu.

Entre as suspeitas do que pode ter causado a febre hemorrágica estão doenças como menigite, dengue ou febre maculosa. 

O Hospital informou que foi recolhido sangue da paciente antes dela morrer. O material foi enviado para a Fundação Ezequiel Dias para análise. E o resultado deve ficar pronto em duas semanas. 

A enfermeira era funcionária da Prefeitura de Belo Horizonte. Por meio de nota, a Secretaria de Saúde de BH informou que a Vigilância Epidemiológica da Secretaria recebeu a notificação de óbito da paciente com suspeita de meningite. E ainda que a paciente morava em Ibirité e trabalhava em uma unidade de saúde de Belo Horizonte. 

Ainda conforme a nota, a equipe da unidade e da vigilância epidemiológica da Secretaria Municipal de saúde já está fazendo levantamento para identificar pessoas com as quais a paciente manteve contato direto em Belo Horizonte.

Leia mais:
BH já registra 50 mortes e 155 mil casos de dengue em 2016
Com início do período chuvoso, combate ao Aedes Aegypti deve ser intensificado