Festival Cura anuncia comissão curatorial da sexta edição

Paulo Henrique Silva
phenrique@hojeemdia.com.br
06/10/2021 às 17:56.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:00
 (ACERVO PESSOAL)

(ACERVO PESSOAL)

O festival Cura – Circuito Urbano de Arte anunciou nesta quarta (6) a seleção curatorial da sexta edição, que acontecerá de 21 de outubro a 2 de novembro, em Belo Horizonte.

Um dos nomes é Jaider Esbell, artista indígena que é um dos grandes destaques da 34ª Bienal de São Paulo. Esbell levou para a capital paulista a obra "Entidades", as grandes serpentes infláveis exibidas pela primeira vez em uma inédita intervenção no viaduto Santa Tereza, em Belo Horizonte, no ano passado. 

Também oram chamadas a pesquisadora, mulher do Povo Terena, artista e educadora Naine Terena de Jesus e a educadora, artista visual e produtora Flaviana Lasan.

“A ideia do Cura é ampliar e expandir.  Para tanto, buscamos nos somar a mulheres que trabalham nesse sentido. A Flaviana tem um forte trabalho de pesquisa sobre a presença da mulher na história da arte. Já a Naine faz um forte trabalho junto aos povos indígenas. Elas trazem esse olhar que para a gente é muito caro, admiramos suas pesquisas” contra Priscila Amoni, uma das idealizadoras do Cura.

Neste ano, o festival se despede da Rua Sapucaí e parte para a Praça Raul Soares, uma das referências de Belo Horizonte, encruzilhada de diversos caminhos, afetos, culturas e experiências. 

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por