MUSICAL

Palavra Cantada e Giramundo se juntam para destacar a importância da água no mundo

Paulo Henrique Silva
phenrique@hojeemdia.com.br
Publicado em 21/05/2022 às 06:41.
Bonecos foram criados a partir de resíduos e material de descarte (Guto Muniz/Divulgação)

Bonecos foram criados a partir de resíduos e material de descarte (Guto Muniz/Divulgação)

Nos últimos cinco anos, um dos destinos principais do duo Palavra Cantada foi Belo Horizonte, flertando com a dança (“Primavera”, em parceria com o grupo Corpo) e com o teatro de bonecos, dobradinha com o Giramundo que resultou no espetáculo musical “Pauleco e Sandreca no Planeta Água”.

A peça estreou em São Paulo, em 2019, mas a pandemia adiou o encontro com o público mineiro, que conhecerá o trabalho neste domingo, às 18h, no Grande Teatro Sesc Palladium. São dez bonecos do Giramundo criados por Beatriz Apocalypse a partir de resíduos e material de descarte.

“É um privilégio poder trabalhar com o Giramundo e falar dos temas do meio ambiente, do aquecimento global e da falta de água. É um assunto atual e que precisamos envolver as crianças, para que saibam os cuidados que devemos ter no nosso dia a dia”, registra Sandra Peres.

A “Sandreca” assina a direção geral e escreve e canta as músicas presentes no espetáculo. Ela não sobe ao palco com seu companheiro artístico Paulo Tatit. “São os bonecos do Giramundo que interpretam nossos personagens, criados em 2010 para serem os anfitriões do Palavra”.

As primeiras aparições de Pauleco e Sandreca, concebidos por Laurent Cardon, foram em clipes de animação – alguns deles já tiveram mais de 100 milhões de visualizações do YouTube. “A ideia é fazer a música do Palavra Cantada chegar às crianças de diferentes formas”.

Sandra lembra que o duo já tinha feito um espetáculo com o Giramundo em 2010, na forma da opereta “Ramon e Maraó”. “Aí pegamos o gosto, porque o trabalho deles é maravilhoso”, destaca a artista, que agradece o “público enorme” de Palavra Cantada em Minas.

Ela vê o convite do Corpo para assinar a trilha sonora do mais recente espetáculo como um presente divino. “Foi muito legal saber que temos amigos tão expressivos que têm um trabalho tão consistente e que podemos estar de mãos dadas”, afirma.

SERVIÇO“As Aventuras de Pauleco e Sandreca no Planeta Água” – Domingo, 18h, no Grande Teatro do Sesc Palladium. Ingressos pelo Sympla, por até R$ 100 a inteira.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por