O duelo entre Atlético-GO e América, nesta sexta-feira (25), no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, marca um embate direto na acirrada briga pelo acesso à elite do futebol brasileiro.

Embalado pela grande recuperação no torneio, o Coelho, quinto colocado, com 47 pontos, volta ao G-4 caso vença o Dragão, que tem dois pontos a mais na classificação.

Além de capítulo importantíssimo na luta das duas equipes para retornar à Série A, o confronto desta sexta vai por frente a frente dois jovens técnicos que têm no Botafogo, um ponto em comum neste inicio de trajetória á beira dos gramados.

Felipe Conceição e Eduardo Barroca América

Técnicos Felipe Conceição e Eduardo Barroca no período em que comandaram o Botafogo

Com passagens pelas categorias de base e pelo time principal do clube da Estrela Solitária, Conceição e Barroca chegaram a trabalhar, em cargos distintos, em um mesmo período no Fogão.

Ex-jogador do Botafogo, formado em General Severiano, Felipe, de 40 anos, treinou o time Sub-17 do Botafogo entre 2013 e 2016. No ano seguinte, foi alçado a auxiliar técnico do primeiro time, até finalmente assumir o comando da equipe principal, no início de 2018.

Já Eduardo Barroca, de apenas 37 anos, que deixou o Fogão há menos de 20 dias, após poucos menos de seis meses dirigindo a equipe alvinegra, havia trabalhado como técnico da categoria Sub-20 do clube de 2016 a 2018.

Quando o treinador Jair Ventura anunciou que deixaria o Botafogo rumo ao Santos, ainda no final de 2017, Conceição e Barroca surgiram como principais nomes para assumir a equipe, credenciados pelos bons trabalhos nas categorias de base.

Na época, a diretoria do Alvinegro optou por Felipe, que acabaria sendo demitido com apenas sete jogos à frente da equipe.

Nesta sexta-feira, as crias do Botafogo se reencontram, agora como adversários, para tentar escrever novos capítulos em suas promissoras carreiras, em um confronto decisivo para as pretensões das duas equipes em disputarem a primeira divisão do Brasil em 2020.

Leia mais

Na luta pelo acesso, América está perto de renovar com o técnico Felipe Conceição