O sérvio Milorad Mazic, escalado para apitar o duelo entre Brasil e Bélgica, nesta sexta-feira (6), às 15h (de Brasília), em Rostov, pelas quartas de final da Copa do Mundo, esteve envolvido em uma recente polêmica na final da última Champions League, disputada entre Real Madrid e Liverpool, em maio.

Mesmo sem ter influenciado diretamente no resultado da partida, vencida por 3 a 1 pelos espanhóis, o árbitro foi bastante contestado por não ter marcado falta do zagueiro Sérgio Ramos, do Real Madrid, em cima de Mohamed Salah, do Liverpool, no primeiro tempo da partida (CONFIRA ABAIXO).

No lance em questão, o egípcio, principal jogador do time inglês, sofreu uma lesão no ombro direito, e teve que ser substituído da decisão.

Salah, inclusive, teve a participação no Mundial ameaçada, ficando de fora da estreia da equipe africana, contra o Uruguai.

O confronto entre brasileiros e belgas será o terceiro de Mazic na competição. O sérvio de 45 anos trabalhou na vitória do México por 2 a 1 sobre a Coréia do Sul, e no triunfo da Colômbia por 1 a 0. Ambas as partidas valeram pela primeira fase do torneio.

A Copa da Rússia é a segunda da carreira do árbitro. No Mundial 2014, Mazic trabalhou na vitória da Argentina por 1 a 0 sobre o Irã, no Mineirão, e na goleada de 4 a 0 da Alemanha sobre Portugal, na Fonte Nova, ambos pela fase de grupos.

Os auxiliares no confronto desta sexta serão Milovan Ristic e Dali Djurdjevic, também da Sérvia.  

Trio brasileiro em ação

O trio de arbitragem brasileiro na Copa da Rússia, formado por Sandro Meira Ricci, Emerson de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse, também estará em ação nas quartas de final.

Os brasileiros estão escalados para o duelo entre Rússia e Croácia, neste sábado, em Sochi.

Os três estiveram em ação no empate de 0 a 0 entre França e Dinamarca, e na vitória de 2 a 0 da Croácia sobre a Nigéria, pela fase grupos.

Ricci também fez parte do quadro de árbitros que trabalhou no duelo de abertura da Copa entre Rússia e Arábia Saudita, que terminou com uma goleada de 5 a 0 para os donos da casa.