A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou, nessa segunda-feira (30), a lista de árbitros do país que vão integrar o quadro da FIFA em 2020.

No quadro masculino, vai haver quatro alterações. Entre elas, a saída do mineiro Ricardo Marques Ribeiro, de 40 anos, que vai deixar de carregar o escudo da entidade máxima do futebol.

Além de Ricardo, saem Dewson Freitas (PA) e Wagner Reway (PB), além do auxiliar Emerson de Carvalho.

Entrarão no quadro, os árbitros Bruno Arleu (RJ), Flávio de Souza (SP) e Rafael Traci (SC).

As mudanças partiram de Leonardo Gaciba, chefe da arbitragem da CBF, seguindo critérios técnicos, e os novos membros indicados ainda dependem da chancela da FIFA.

Auxiliar promovida

Se por um lado a Federação Mineira de Futebol (FMF) vai ficar sem árbitros no quadro da FIFA em 2020, a auxiliar mineira Fernanda Antunes, de 28 anos foi promovida, e vai carregar o escudo FIFA no ano que vem, assim como a paulista Fabrini Costa.