O duelo entre Coimbra e Cruzeiro, nesta quinta-feira (7), às 17h30, no Independência, pela oitava rodada do Campeonato Mineiro, será o segundo entre as equipes na história.

A primeira partida oficial entre as equipes ocorreu em 15 de março de 2020, também no Horto, pela 9ª rodada do Estadual, e terminou com a vitória do time laranja por 1 a 0. O triunfo, inclusive, foi o primeiro do Coimbra, então estreante no torneio, no Módulo I do Mineiro.

Coube ao lateral-direito Victor Hugo marcar o gol da equipe de Contagem, aos 39 minutos do segundo tempo, após cobrança de falta que desviou no meia-atacante da Raposa, Everton Felipe.

A partida também registrou a estreia dos zagueiros Marllon e Ramon com a camisa celeste. O primeiro já deixou a Toca da Raposa II, enquanto o segundo é um dos titulares da zaga desde o ano passado.

Queda de Adilson e paralisação

O resultado marcou a saída do técnico Adilson Batista, que não resistiu a mais um tropeço no início da temporada. Na ocasião, o revés deixou o time estrelado na quinta colocação, com 14 pontos, fora do grupo dos quatro primeiros que avançariam à fase semifinal.

Um dos principais responsáveis pela formação e gestão daquele elenco, o diretor de futebol, Ocimar Bolicenho, também foi desligado do cargo.

O duelo também foi o último antes da paralisação do futebol pela pandemia de coronavírus. A disputa foi retomada apenas em 26 de julho, para a realização do restante das partidas.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 0 X 1 COIMBRA

CRUZEIRO

Fábio; Jadsom, Ramon, Marllon e Rafael Santos; Ariel Cabral, Jean (Judivan), Maurício e Everton Felipe; Thiago (Marcelo Moreno) e Alexandre Jesus (Jhonata Robert)

Técnico: Adilson Batista

COIMBRA

Glaycon; Vitor Hugo, Diogo Henrique, Carciano e Lucas Hipólito; Lucas Pinheiro, Ralph, Thomás e Daniel; Igor Oliveira (João Vitor) e Ribeiro (Bádio)

Técnico: Diogo Giacomini

MOTIVO: 9ª rodada da fase classificatória do Campeonato Mineiro

LOCAL: Estádio Independência

CIDADE: Belo Horizonte

ARBITRAGEM: Wanderson Alves de Souza, auxiliado por Augusto Magno de Ramos e Rodney Faria Lima

CARTÕES AMARELOS: Ariel Cabral, Thiago, Maurício, Jadsom e Marllon (Cruzeiro); Carciano, Diogo Henrique e Lucas Pinheiro (Coimbra)

GOL: Vítor Hugo, aos 39 minutos do segundo tempo

Leia Mais:
Após longo período de recuperação de lesão fora da Toca II, zagueiro Léo se reapresenta ao Cruzeiro
Cruzeiro terá cinco jogadores pendurados no último duelo antes do clássico contra o Atlético
Com baixa média de gols, jogadores do Cruzeiro querem melhor pontaria para time 'parar de sofrer'