A fase classificatória mais equilibrada da história do Módulo I do Campeonato Mineiro, desde que a fórmula atual passou a ser adotada, em 2004, pode ter quatro líderes ao final da nona rodada que terá jogos disputados neste sábado (14) e domingo (15).

A ponta, que atualmente é do América, com 18 pontos, terá novo dono no final da tarde deste sábado. Isso porque o jogo Tombense x Caldense, às 18h, no Estádio Almeidão, em Tombos, termina com uma das duas equipes na liderança.

Foto América x Boa esporteO empate por 1 a 1 com o Boa Esporte, no último domingo (8), no Independência, fez com que o América possa ganhar a companhia de mais três adversários na liderança do Campeonato Mineiro ao final da nona rodada

Como a duas equipes do interior que integram o G-4, grupo que garante vaga nas semifinais, somam 17 pontos, quem vencer chega aos 20, supera o Coelho e já impede de cara a possibilidade de um empate entre quatro times na liderança.

Mas se a partida de Tombos terminar empatada, Tombense e Caldense chegam aos mesmos 18 pontos do América, que será superado pelo time da casa no saldo de gols (9 a 8).

Um empate no Almeidão dá ao Atlético a chance de assumir a primeira colocação do Módulo I, neste caso com os mesmos 18 pontos de Tombense, América e Caldense. Para isso acontecer, basta uma vitória sobre o Villa Nova por pelo menos dois gols de diferença, em partida que será disputada às 19h deste sábado, no Castor Cifuentes, em Nova Lima. O confronto marcará a estreia do técnico argentino Jorge Sampaoli no Galo.

O América é o único integrante do G-4 do Campeonato Mineiro a entrar em campo apenas neste domingo. Encara o Patrocinense, às 16h, no Estádio Pedro Alves do Nascimento, em Patrocínio.

Não deixa de ser uma vantagem o Coelho entrar em campo sabendo de qual resultado precisará para manter a liderança isolada do Estadual. Por outro lado, uma derrota, somada a empate no Tombense x Caldense e vitória do Atlético sobre o Villa Nova, fará com que o Campeonato Mineiro tenha quatro clubes com 18 pontos ocupando o G-4.

E o Patrocinense, que é sexto colocado com 12 pontos, entra em campo com chances matemáticas de brigar por uma vaga no G-4. Mas isso só acontece se vencer o time do técnico Lisca.

O equilíbrio na parte de cima da tabela de classificação do Módulo I pode ser ainda maior. O Cruzeiro, que é quinto colocado, com 14 pontos, pode chegar aos 17 se vencer o vice-lanterna Coimbra, também neste domingo, às 16h, no Estádio Independência.

Outros jogos

Nas outras duas partidas do Campeonato Mineiro, que não terão equipes brigando pelo G-4 em campo, o Boa Esporte tenta se afastar da zona de rebaixamento recebendo às 10h deste domingo, no Dilzon Melo, em Varginha, o Uberlândia, que tem remotas chances de queda e está cinco pontos distante do Atlético, que é quarto colocado.

A URT, que tem os mesmos 10 pontos do Uberlândia, recebe o lanterna Tupynambás às 16h, no Estádio Zama Maciel, em Patos de Minas. Se perder, o time de Juiz de Fora estará praticamente rebaixado ao Módulo II do Campeonato Mineiro.

Apesar de toda a emoção que deve envolver os jogos da nona rodada do Campeonato Mineiro, eles serão disputados com portões fechados. Acatando recomendação da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), por causa da pandemia do coronavírus, a Federação Mineira de Futebol (FMF) determinou que todos os jogos das suas competições, neste final de semana, sejam disputados com portões fechados.

arteCLIQUE PARA AMPLIAR