Alívio. Depois de novo jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro chegou a sua segunda vitória consecutiva na competição, e ganhou mais um fôlego na briga contra o rebaixamento.

Após o triunfo sobre o Corinthians, neste sábado (19), na Arena de Itaquera, o técnico da Raposa, Abel Braga destacou a atuação dos jogadores e a importância de quebrar o jejum de vitórias longe de Belo Horizonte, pelo Brasileirão, que já durava 25 jogos.

“A maior virtude é que fomos no limite extremo. É impossível, você sabe a forma como joga o São Paulo, o desgaste foi muito grande. Você vim sábado e jogar contra o Corinthians na arena é muito complicado. O que é legal é que cada um foi no seu limite, lutou por um palmo em cada pedaço do campo. Vamos continuando jogo a jogo.Óbvio que, mais de um ano sem vencer fora de casa no Brasileiro. Isso dá um alívio muito grande. O peso do clube é enorme”, completou Abel.

Abel Braga

O comandante celeste também citou a mudança que os bons resultados recentes trazem no psicológico dos atletas.

“Até o jogo contra o São Paulo era assim: o ‘Cruzeiro não ganha há oito, nove jogos’. Agora já são cinco sem perder. Quando você escuta isso, já um clique, tanto de um lado quanto do outro. Isso para eles (jogadores) faz muito bem”.

Cautela

Apesar da felicidade com o início de recuperação da equipe, o experiente treinador pediu cautela neste momento para evitar que o processo sofra baixas.

“Nós temos que ser otimistas, mas, fazendo uma analogia ao Vanderlei Luxemburgo, ainda estamos na zona da confusão. Temos 28 pontos, temos que ganhar alguns jogos ainda, temos um confronto direto no sábado. Então, não adianta pensar em uma coisa que não aconteceu. É um pouco perigoso. A pior coisa no futebol é o excesso de confiança, o otimismo exagerado. O futebol engana mito, é traiçoeiro. Vamos com calma”.

Na 16ª colocação da tabela, com 28 pontos, e torcendo para Ceará e CSA – que jogam na segunda-feira – não vençam, para continuar fora da zona de rebaixamento, a Raposa volta a campo no próximo sábado (19), para enfrentar o Fortaleza, às 21h, no Mineirão, pela 28ª rodada do torneio.