Dos 21 jogadores que voltaram de empréstimo ao Atlético em 2019, Pablo Diogo estava definitivamente no grupo de quem não fazia parte dos planos do alvinegro. Cedido ao Coritiba em 2018, agora ele é totalmente um ex-jogador do Galo. Segundo seu agente, Juliano D'Avila, informou ao Hoje em Dia, houve uma rescisão do contrato com o clube mineiro, cujo vínculo iria só até o fim de junho.

Pablo poderia assinar pré-contrato com qualquer equipe já neste mês, entretanto, o Atlético buscava a saída imediata do jogador, seja por empréstimo ou venda. Como nenhuma sondagem desta natureza prosperou, o staff do atleta demonstrou à diretoria do Galo o interesse do Santa Clara. Este desejo português foi noticiado primeiramente pelo site Globoesporte.com. Nesta quinta-feira (17), o jogador foi oficializado pelo Santa Clara.

"O extremo vem do Coritiba do Brasil, tendo averbado passagens por clubes como: Atlético Mineiro, América Mineiro e Vegalta Sandai do Japão. Pablo, pode jogar a extremo, nos dois lados, podendo ainda jogar como lateral direito. A velocidade e a capacidade de desequilíbrio são as caraterísticas mais vincadas do novo reforço do CD Santa Clara", diz a nota no site português.

Pablo foi contratado pelo Atlético em 2015 junto ao Oeste-SP. Entretanto, jamais vingou. Acabou emprestado no América, sendo promovido para a Série A. Depois, passou pelo Japão e pelo CRB, sem demonstrar grande destaque. A última aventura foi no Coritiba ao lado de Carlos César, quando "comemorou" três anos de jejum de gols. No Coxa, na bem da verdade, foi bastante usado como lateral-direito.