Nesta sexta-feira (29), às 21h30, no Durival Britto, o Cruzeiro encerra sua participação na Série B do Brasileiro, tendo alcançado o objetivo de Felipão, mas não a meta que todo torcedor celeste ambicionava. Mesmo sem chance alguma de acesso – e de descenso –, o time busca sua última vitória na temporada, diante do Paraná.

Apesar de ser uma partida para cumprir tabela, o volante Adriano ressalta como deve ser o comportamento da equipe azul na partida.

“A gente tem que encarar o último jogo com a mesma seriedade que tivemos em todos os outros. Jogar para ganhar, para frente. Como se fosse uma final, independentemente da circunstância”, afirmou.

Para ele, o triunfo tem um valor que vai além dos três pontos. “Importantíssimo para nós, para nosso ego, porque (o campeonato) foi sofrido. É extremamente importante”, disse.

Individualmente, Adriano ressalta que “foi uma temporada muito boa” para ele. O confronto desta sexta será o 25° do meio-campista pela Raposa. “Muito bom para minha carreira. Sou muito novo, e ganhar sequência de jogos é sempre muito bom”, afirmou.

Sem Felipão, que “pediu o boné”, o Cruzeiro será comandado por Célio Lúcio, a quem o volante conhece muito bem, desde os tempos da base celeste. “Ele foi nosso treinador também no sub-20. Confiança nele, e vamos para o último jogo buscar essa vitória”, resumiu.

Cruzeiro