Vice-líder do Campeonato Brasileiro, o Atlético volta o foco para a Copa Sul-Americana.  Nesta terça-feira, às 21h30, o Galo enfrenta o Unión La Calera, do Chile, no estádio Nicolás Chahuán Nazar, em La Calera, no jogo de ida da segunda fase do torneio.

Se a equipe alvinegra vive grande momento no Brasileiro, onde conquistou quatro vitórias em cinco jogos, o time chileno passa por um momento instável no Campeonato Chileno.

Nos últimos três duelos pelo nacional, o La Calera conquistou apenas um ponto – o empate em 1 a 1 com o Colo Colo.

Já nas duas últimas rodadas, o próximo adversário do Galo perdeu por 1 a 0 para o Deportes Iquique e por 2 a 1 para o Unión Española.

O recente desempenho ruim fez com que o La Calera caísse da terceira para quinta colocação na tabela de classificação.

A diferença para o líder Universidad Católica, que que lidera a competição, que chegou a ser de dois pontos, subiu para nove pontos.

Time reserva

Em meio a uma difícil sequência de partidas, que incluem duelos pelo Campeonato Brasileiro e pela Copa do Brasil, o Atlético optou em mandar a campo um time alternativo para o duelo no Chile.

Oito jogadores, sendo sete titulares, sequer viajaram com a delegação. O goleiro Victor, o lateral Fábio Santos, o volante Zé Welison, os meias Luan e Cazares, e os atacantes Ricardo Oliveira e Geuvânio foram preservados da partida por questões físicas.

O zagueiro Réver, que sofreu uma pequena fratura no nariz após uma dividida no duelo com o Flamengo, segue sem tratamento, e também não enfrenta o La Calera.

O provável Atlético que deve iniciar jogando deve ter: Cleiton; Guga, Igor Rabello, Léo Silva e Patric; Adilson e Elias; Vinícius, Nathan e Chará; Alerrandro.