O Cruzeiro encerra sua participação no turno da Série B do Campeonato Brasileiro nesta terça-feira (17), às 19h, nos Aflitos, contra o Náutico, clube que liderou a competição durante 14 rodadas, mas que se vê em queda livre e está há quase um mês sem vencer.

No dia 21 de julho, o Timbu confirmava o primeiro lugar ao bater o Brasil de Pelotas, em casa, por 2 a 1. Aquele era seu oitavo triunfo em 13 jornadas realizadas pelo torneio. Daí para frente, tudo mudou, com o time pernambucano acumulando cinco partidas seguidas sem ganhar.

O tabu foi iniciado com o empate em 1 a 1 com o Brusque, dentro de seus domínios. Depois, perdeu para o Coritiba, por 3 a 1, no Couto Pereira, e sofreu uma goleada, em pleno Aflitos, para o Confiança, por 4 a 0, num duelo envolvendo o líder e o lanterna naquela época.

Mesmo com esses resultados negativos, continuou no topo da Série B. Só que os reveses para Sampaio Corrêa e Avaí, ambos por 2 a 0 e como visitante, não apenas tiraram o Náutico do primeiro lugar como o jogaram para fora do G-4.

Com 30 pontos, o Timbu ocupa atualmente o sexto lugar e vai pressionado para o confronto com o Cruzeiro, pela 19ª rodada.

Já o time celeste tentará aproveitar essa má fase do Náutico para voltar a vencer, após dois empates seguidos, e fechar o turno com a esperança de um “milagre” ao fim da competição.

Náutico