"O Chelsea Football Club está imensamente feliz de anunciar Oscar como seu mais novo reforço". Foi dessa maneira que o site oficial da equipe inglesa se pronunciou para anunciar a contratação do jovem jogador do Internacional e da Seleção Brasileira. O atleta acertou os últimos detalhes com a equipe nesta quarta-feira (25), e reforçará o time após o término das Olimpíadas de Londres.

Mesmo sem o acerto oficial, Oscar já vinha falando como jogador do Chelsea durante os treinamentos da Seleção Brasileira em Saint Albans. Com apenas 20 anos, o armador já recebeu a camisa 10 da equipe comandada por Mano Menezes e será uma das principais armas do treinador para conquistar a inédita medalha de ouro no torneio.

Formado nas categorias de base do São Paulo, Oscar lutou na justiça para romper o seu acordo com a equipe paulista e assinar com o Internacional, em junho de 2010. As grandes atuações com a camisa colorada no ano passado renderam ao jogador a condição de titular absoluto no meio-campo gaúcho. O atleta, inclusive, foi convocado para o mundial sub-20 de 2011 e se destacou ao marcar os três gols que garantiram a vitória por 3 a 2 sobre Portugal, na grande final da competição.

A última partida de Oscar pelo Internacional foi realizada no dia 07 deste mês, na vitória por 2 a 1 contra o Cruzeiro, no Beira-Rio. Pelo Colorado, o meia disputou 70 jogos e marcou 19 gols. Além disso, o jogador conquistou o Bicampeonato Gaúcho (2011 e 2012) e a Recopa Sul-Americana (2011).

O acerto do meia com o Chelsea às vésperas da estreia da equipe nacional nas Olimpíadas foi uma determinação da própria CBF. O técnico Mano Menezes e o diretor de seleções, Andrés Sanchez, não impediram os jogadores de negociar com outras equipes, mas exigiram que todas as transações fossem concluídas antes da primeira partida do time, contra o Egito, nesta quinta-feira (26). Com isso, os boatos envolvendo Lucas, do São Paulo, e Paulo Henrique Ganso, do Santos, só deverão ter uma conclusão após o término dos Jogos de Londres.