Alencar solta o verbo contra Ademir: 'Não estou acostumado com molecagem; tem que ser profissional'

Thiago Prata
@ThiagoPrata7
18/03/2021 às 19:05.
Atualizado em 05/12/2021 às 04:27
 (Rafael Chaves / América)

(Rafael Chaves / América)

A recusa do atacante Ademir em ocupar uma vaga no banco de reservas do América para a partida desta quinta-feira (18), contra o Treze, pela Copa do Brasil, deixou o presidente do Coelho, Alencar da Silveira Júnior, revoltado. Em entrevista à Rádio Itatiaia, o dirigente soltou o verbo e disse que não aceita “molecagem” dentro do clube.

“O que aconteceu não pode acontecer no futebol. Primeiro, o empresário diz (ao jogador) que tem time interessado (no caso, o Athletico-PR). Não podia fazer isso (referindo-se ao fato de o empresário ter ligado para o atleta antes do duelo), e o profissional não pode fazer isso (deixar de ir para o jogo). Ninguém do América aceita isso. Ele será penalizado, multado e tem que respeitar o América”, esbravejou Alencar.

E não parou por aí. O presidente americano declarou que “antes de ser jogador, ele (Ademir) tem que ser profissional”. “Homem tem que ser profissional. Não estou acostumado com molecagem. Não terá oportunidade de fazer isso de novo”, destacou.

Além disso, afirmou que Ademir não sairá do Coelho de maneira tão fácil. “Não ligo de perder dinheiro, apesar da dificuldade do América, mas quero respeito do jogador e do empresário”, comentou.Rafael Chaves / América

Alencar esbravejou contra o atacante Ademir, pela postura antiprofissional

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por