O clássico deste domingo (4), às 16h, no Mineirão, contra o Atlético, pela sétima rodada do Campeonato Mineiro, é fundamental para que o América possa alcançar o que nunca conseguiu no Módulo I no formato atual de disputa, usado desde 2004: terminar a fase classificatória na primeira colocação.

Para tomar a liderança do rival, o time do técnico Lisca precisa vencer o confronto, pois soma os mesmos 15 pontos do Galo, mas superado no saldo de gols (12 a 4), o máximo que o Coelho conseguiu foi ser o segundo colocado nesta primeira fase do Estadual. Esta colocação foi alcançada em 2004, 2018 e 2020, quando ficou atrás apenas do Tombense, o terceiro time do interior a terminar a etapa na liderança.

Lisca técnico América

Depois do belo trabalho na temporada 2020, o técnico Lisca tenta fazer com que o América, pela primeira vez, termine a fase classificatória do Campeonato Mineiro na liderança

Antes, tinha alcançado este feito o Ipatinga, em 2006, e a Caldense, em 2015. Nas três oportunidades, o título ficou com uma equipe da capital. O Cruzeiro superou a equipe do Vale do Aço, e o Atlético levou o melhor sobre Veterana e Gavião Carcará.

São 17 edições do Campeonato Mineiro neste formato, sendo que o América participou apenas de 16, pois em 2008 o clube disputou o Módulo II, fruto do rebaixamento no ano anterior, quando foi o lanterna da elite estadual.

Finalista

Nessas 16 edições disputadas, o América foi finalista apenas duas vezes, sempre contra o Atlético, adversário deste domingo. Em 2012, perdeu a taça para um time comandado justamente por Cuca, que foi campeão invicto.

Em 2016, apesar de jogar a decisão em desvantagem, o que já tinha acontecido quatro anos antes também, os americanos fizeram a festa com o empate por 1 a 1, no primeiro clássico entre Coelho e Galo no novo Mineirão. Antes, o alviverde tinha vencido a partida de ida da decisão, no Independência, por 2 a 1.

O primeiro colocado da fase classificatória do Módulo I do Campeonato Mineiro garante a vantagem de jogar a semifinal, e a decisão, se chegar lá, por dois empates ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols.

ANO

1º COLOCADO

AMÉRICA

2004

Atlético

2005

Cruzeiro

2006

Ipatinga

2007

Cruzeiro

12º

2008

Cruzeiro

ND

2009

Atlético

2010

Cruzeiro

2011

Cruzeiro

2012

Atlético

2013

Cruzeiro

2014

Cruzeiro

2015

Caldense

2016

Cruzeiro

2017

Atlético

2018

Cruzeiro

2019

Atlético

2020

Tombense