América cede empate à Caldense no tempo extra e fica fora do G-4 do Campeonato Mineiro

Cristiano Martins
csmartins@hojeemdia.com.br
12/02/2017 às 21:40.
Atualizado em 15/11/2021 às 22:54

O América esteve duas vezes à frente no placar, mas cedeu o empate por 2 a 2 à Caldense, na noite deste domingo (12), perdendo assim a chance de ficar no G-4 do Campeonato Mineiro. As equipes se enfrentaram pelo fechamento da terceira rodada, no estádio Ronaldão, em Poços de Caldas.

Gérson Magrão e Hugo Almeida fizeram os gols do Coelho, enquanto Luiz Eduardo e Marcelinho marcaram para o Periquito. Com o resultado, o time da capital encerra a rodada na quinta colocação, com cinco pontos. A equipe do Sul de Minas aparece logo atrás, no sexto lugar, com quatro.

“No final do jogo, eles colocaram pressão, e nós fizemos muitas faltas próximo à área, dando muitas chances de bola aérea. Infelizmente tomamos o gol, mas é levantar a cabeça porque um ponto aqui também é válido”, avaliou Magrão.

O América volta a campo nesta quinta-feira (16), às 21h30, contra o Flamengo, em Brasília, em jogo antecipado pela terceira rodada da Primeira Liga. Pelo Campeonato Mineiro, o próximo compromisso será no domingo (19), às 17h, no clássico contra o Atlético, no Mineirão. No mesmo dia, mas às 10h, a Caldense visita o América de Teófilo Otoni.

O jogo

O grande destaque do primeiro tempo foi o goleiro Neguete. Apesar do duelo equilibrado, o Coelho chegou com perigo mais vezes e só não abriu o placar na etapa inicial graças ao arqueiro do time mandante.

Primeiro, o camisa 1 mostrou reflexo após um bate-rebate na área, evitando gol contra de Anderson Santos, aos 18 minutos. Na sequência, aos 20, fez milagre em um chute à queima-roupa de Felipe Amorim.

No início do segundo tempo, o goleiro voltou a ser exigido em cabeceio de Renan Oliveira, mas Gérson Magrão mostrou oportunismo para aproveitar o rebote e colocar o América em vantagem, aos 9 minutos.

Logo no lance seguinte, Luiz Eduardo igualou o marcador para a festa da torcida local. O vice-artilheiro do Estadual de 2015 recebeu um cruzamento da direita e se antecipou bem à marcação para finalizar de cabeça, sem chances para o goleiro João Ricardo.

O herói, no entanto, virou vilão. Aos 27 minutos, o árbitro Wanderson Alves de Souza assinalou pênalti de Luiz Eduardo sobre Renato Justi. Hugo Almeida cobrou e converteu para colocar o América outra vez na frente.

Já nos acréscimos, porém, Ewerton Maradona cobrou falta para o meio da área e o zagueiro Marcelinho desviou de cabeça para empatar, aos 46 minutos.

FICHA DO JOGO

CALDENSE – Neguete, Weldon Grafite, Marcelo, Hélio, Rafael Estevam, Thiago Carpini (Diego Clementino), Álvaro (Wellington Rato), Anderson Santos, Cristiano (Ewerton Maradona), Zambi, Luiz Eduardo. Técnico: Thiago Oliveira

AMÉRICA – João Ricardo, Auro, Rafael Lima, Renato Justi, Pará, Gustavo Blanco, Juninho (Ernandes), Renan Oliveira, Tony (Gerson Magrão), Felipe Amorim, Hugo Almeida (Rubens). Técnico: Enderson Moreira

GOLS – Gérson Magrão, aos 9, Luiz Eduardo, aos 12, Hugo Almeida, aos 28, e Marcelinho, aos 46 minutos do segundo tempo

CARTÕES AMARELOS – Cristiano, Thiago Carpini; Gustavo Blanco, Ernandes

ARBITRAGEM – Wanderson Alves de Souza, auxiliado por Luiz Antônio Barbosa e Leonardo Henrique Pereira

LOCAL – Estádio Ronaldão, em Poços de Caldas

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por