Aos trancos e barrancos, na base da raça e contando com grande atuação do goleiro Airton e de seu sistema defensivo, o América obteve um empate valioso em Araraquara, em 0 a 0, na noite desta quarta-feira (11), diante da Ferroviária. Com isso, o Coelho vai precisar de uma vitória por qualquer placar na partida da volta, no Independência, no dia 19 (quinta-feira da semana que vem), para chegar à quarta fase da Copa do Brasil.

A igualdade no jogo perante a Locomotiva manteve a invencibilidade do alviverde neste ano. Agora, são seis vitórias e cinco empates neste começo de temporada. Em suma, o time comandado por Lisca segue na ponta do Campeonato Mineiro e vivo na competição mata-mata nacional. Nada mal, certo? Mas fica aqui um alerta.

Nos dois últimos duelos, o América demonstrou uma queda de rendimento, o que culminou nos empates com Boa, em casa, pelo Estadual, e no mais recente placar, ante a Ferroviária. Obviamente o time não vai jogar bem todas as partidas, mas tais confrontos servem de lição, visando aos próximos desafios.

Neste domingo (15), às 16h, o Coelho encara o Patrocinense, no estádio Pedro Alves do Nascimento, em Patrocínio, pela nona rodada do Mineiro. Depois, voltará as atenções para o embate decisivo na Copa do Brasil.

América

O jogo

O América foi sufocado em grande parte do primeiro tempo. Só que a Ferroviária não aproveitou as chances construídas. Em uma delas, Claudinho chutou cruzado, e Airton fez a intervenção, meio que no susto. Por muito pouco, porém, o alviverde não abriu o placar, no finalzinho, por meio de Rodolfo.

Na segunda etapa, o ataque alviverde funcionou melhor, embora também não tenha obtido sucesso na conclusão de jogadas. O mesmo aconteceu com os donos da casa, que desperdiçaram boas chances, fator crucial para o empate sem gols. Melhor para o Coelho.

FERROVIÁRIA 0 X 0 AMÉRICA
Motivo
: Jogo de ida da 3ª fase da Copa do Brasil
Local: Estádio Fonte Luminosa
Cidade: Araraquara (SP)
Arbitragem: Dyorgines Jose Padovani de Andrade, auxiliado por Fabiano da Silva Ramires e Katiuscia M Berger Mendonça, todos capixabas
Cartões amarelos: Tony Monteiro, Max (Ferroviária); Diego Ferreira (América)
Público: 2.799
Renda: R$ 40.630,00

FERROVIÁRIA
Saulo; Lucas Mendes (Alisson), Elton, Max e Bruno Recife (Caio Rangel); Mazinho, Tony, Claudinho e Patrick; Hygor e Henan (Léo Artur)
Técnico: Sério Soares
 
AMÉRICA
Airton; Diego Ferreira, Lucas Kal, Eduardo Baurmann e Sávio; Zé Ricardo, Juninho e Alê (Geovane); Felipe Augusto (Rickson), Ademir (Léo Passos) e Rodolfo
Técnico: Lisca