América

Ademir teve a melhor chance do jogo aos 50 minutos do segundo tempo, mas finalizou para fora

Depois de assegurar vaga na Copa Sul-Americana, o América passou a vislumbrar a chance de se classificar para a Copa Libertadores. Porém, a classificação para a principal competição do continente ficou sob ameaça. Neste domingo (5), o Coelho empatou, por 0 a 0, com o Ceará, diante de 51.123 torcedores na Arena Castelão, e pode deixar o G-8 do Brasileirão.

Para seguir no grupo de classificação para a Libertadores, o time comandado por Marquinhos Santos precisa torcer por um tropeço do Internacional, que, nesta segunda-feira (6), às 20h, enfrenta o Atlético-GO, no Beira-Rio.

Se vencer, o Colorado chegará a 51 pontos, um a mais que o América, e assumirá a oitava colocação. Caso haja um resultado negativo dos gaúchos, o Coelho deve permanecer no G-8.

O Atlético-GO pode até igualar a pontuação e o número de vitórias da equipe alviverde se superar o Inter, mas teria de tirar uma diferença de oito gols de saldo.

Com o sonho de chegar à Copa Libertadores pela primeira vez em sua história ainda vivo, o América encerrará sua participação no Brasileirão na quinta-feira (9), às 21h30, diante do São Paulo, no Independência.