O América diminuiu demais as suas chances de conquistar o tricampeonato da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o empate por 0 a 0 com o Confiança, neste sábado (23), no Batistão, em Aracaju, o Coelho chegou aos mesmos 70 pontos da Chapecoense, mas o time catarinense segue na liderança da competição pelo maior saldo de gols (21 a 19).

O problema é que a Chape ainda entra em campo pela 37ª rodada. Na próxima segunda-feira (25) encara o Operário-PR, às 17h, no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa. O time paranaense não briga por mais nada na Série B.

América Confiança

Empate com o Confiança deixa o América em situação complicada na briga pelo Título da Série B do Campeonato Brasileiro

Com uma vitória, a equipe catarinense abre três pontos em relação ao América, pelo menos três gols de saldo, e joga por um empate na última rodada, quando recebe o Confiança, na próxima sexta-feira (29), às 21h30, na Arena Condá, em Chapecó.

No mesmo dia e horário, o Coelho encara o Avaí, que pode estar brigando pelo acesso, no Estádio Independência.

Se a Chape empatar, ficará um ponto à frente do América e precisando do mesmo resultado do time do técnico Lisca para chegar ao título. Em caso de derrota no interior paranaense, se ela for por pelo menos dois gols de diferença, o Coelho pode até retornar à liderança, mas isso dependerá do placar.

O empate diante do Confiança é o quarto seguido do América na Série B. E esta sequência pode custar ao clube o título da Série B do Campeonato Brasileiro.

A FICHA DO JOGO

CONFIANÇA 0
Rafael Santos; Thiago Ennes, Luan, Nirley e Djalma Silva; Serginho, Madison (Jeferson Lima) e Guilherme Castilho (Everton); Reis, Iago (Caíque Sá) e Bruno Paraíba (Renan Gorne). Técnico: Daniel Paulista

AMÉRICA 0
Jori; Daniel Borges (Geovane), Messias, Eduardo Bauermann e Sávio; Zé Ricardo (neto Berola), Juninho e Alê (Marcelo Toscano); Ademir, Felipe Azevedo (Calyson) e Rodolfo (Lohan). Técnico: Lisca

DATA: 23 de janeiro de 2021

ESTÁDIO: Batistão

CIDADE: Aracaju (SE)

MOTIVO: 37ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

ARBITRAGEM: Paulo Roberto Alves Junior, auxiliado por Victor Hugo Imazu dos Santos e Rafael Trombeta, todos do Paraná

CARTÃO AMARELO: Bruno Paraíba e Caíque Sá (Confiança); Eduardo Bauermann (América)