Para o América alcançar a liderança da Série B do Campeonato Brasileiro, ele depende de uma goleada sobre o Figueirense, neste sábado, às 16h30, no Independência. Se isso acontecer, terá sabor de vingança para o americano.

Isso porque no ano passado, o confronto com o time catarinense, no estádio do Horto, pela competição, foi decepcionante para o Coelho.

Rodolfo atacante AméricaDestaque do ataque americano, Rodolfo não tem presença confirmada contra o Figueirense neste sábado, por causa da decisão da próxima terça-feira, contra a Ponte Preta, pela Copa do Brasil, ele pode ser poupado

Após mais de um mês sem jogar, por causa da disputa da Copa América, que teve o Brasil como sede, o América voltou a campo, pela Série B 2019, em 13 de julho, recebendo o Figueirense, no Independência.

Era a 9ª rodada, e nas oito partidas anteriores, o Coelho tinha somando apenas cinco pontos em 24, com uma vitória, dois empates e cinco derrotas.

O time era 18º colocado e esperava que a parada servisse para que o técnico Maurício Barbieri, que tinha chegado ao clube substituindo Givanildo Oliveira, pudesse colocar as coisas no lugar.

Mas o América foi goleado pelo Figueirense, que naquele momento ainda sonhava com vaga no G-4 e fez 4 a 0, jogando o Coelho para a vice-lanterna da competição. O resultado agravou a crise americana, que só foi resolvida com nova troca de comando e a entrada de Felipe Conceição, que era auxiliar técnico, na vaga de Barbieri.

Agora, as situações são inversas. O América entra em campo com possibilidades de ser até líder. Para isso, precisa golear o Figueirense, que tem apenas seis pontos e abre a zona de rebaixamento da Série B.

O time catarinense foi tão carrasco do América na Segundona do ano passado, que após grande campanha de recuperação, o Coelho entrou no G-4 na 27ª rodada, com um 2 a 0 sobre o líder Bragantino, no Independência.

Quatro dias depois, perdeu para o Figueirense, por 2 a 1, no Orlando Scarpelli, e caiu para a quinta posição. Os seis pontos perdidos diante do adversário deste sábado ajudaram para que o América não subisse por um ponto.

A FICHA DO JOGO

AMÉRICA
Matheus Cavichioli; Diego Ferreira, Joseph, Anderson Jesus e Sávio; Flávio (Rickson) e Juninho; Felipe Azevedo, Marcelo Toscano e Neto Berola; Rodolfo (Vitão). Técnico: Lisca

FIGUEIRENSE
Rodolfo Castro; Lucas Carvalho, Alemão, Pereira e Sanchez; Matheus Neris e Patrick; Everton Galdino, Marquinho e Diego Gonçalves; Gabriel Barbosa. Técnico: Elano

DATA: 19 de setembro de 2020
ESTÁDIO: Independência
CIDADE: Belo Horizonte
HORÁRIO: 16h30
MOTIVO: 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
ARBITRAGEM: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro, auxiliado por Lorival Cândido das Flores e Luís Carlos de FRança Costa, todos do Rio Grande do Norte
TRANSMISSÃO: Premiere