Dono da maior série invicta atual considerando-se as Séries A e B do Campeonato Brasileiro, pois não perde há dez partidas, o América encara o Sport, às 21h30 desta sexta-feira, na Ilha do Retiro, em Recife, buscando uma vitória que o fará alcançar a primeira metade da tabela de classificação da Segundona.

A tarefa americana está longe de ser tranquila, pois o rubro-negro pernambucano integra o G-4 da competição, pois ocupa a terceira colocação, com 38 pontos, nove a mais que o Coelho.

Mas o incentivo ao time do técnico Felipe Conceição é considerável. Lanterna em boa parte do turno e fora da zona de rebaixamento há poucas rodadas, o América, em caso de vitória, tomará a 10ª colocação da Ponte Preta.

Até o nono lugar pode ser alcançado pelo Coelho, mas aí, além de vencer o Sport, precisa contar com derrota do Cuiabá, que neste sábado fecha a 23ª rodada recebendo o Oeste, às 19h, na Arena Pantanal.

Além disso, o América precisará tirar uma diferença no saldo de gols que tem em relação aos cuiabanos, que neste momento é de quatro.

Além disso, uma vitória em Recife praticamente afasta qualquer risco de rebaixamento do Coelho. Hoje, segundo cálculos do site Probabilidades no Futebol, mantido pelo Departamento de Matemática da UFMG, são de 5,9% as chances de queda do América.

Vencendo na Ilha do Retiro, o Coelho chega a 32 pontos. Segundo a UFMG, 43 devem ser suficientes para se evitar a queda. Assim, nas 15 rodadas que ainda disputará, o América precisaria de 12 pontos para assegurar, com segurança, pelo menos a permanência na Série B do Brasileirão.

Time

O América terá mudanças para encarar o Sport e a grande surpresa é o zagueiro Paulão, livre de suspensão, não ter nem viajado para o Recife, pois é um dos destaques do Coelho nesta Série B.

Ainda na defesa, o goleiro Jori, recuperado de contusão, tem chance de voltar, mas ainda segue como dúvida. Se seguir de fora, continua Airton como titular.

O lateral João Paulo, suspenso, dá lugar a Sávio. No meio, o volante Zé Ricardo, com uma torção no tornozelo, é dúvida. Se ele for vetado, o garoto Flávio forma o trio com Juninho e Willian Maranhão. No ataque, Felipe Azevedo volta ao time após lesão.