O desafio do América é deixar de lado a euforia pela classificação inédita às semifinais da Copa do Brasil, alcançada na última quarta-feira (18), sobre o Internacional, nos pênaltis, no Estádio Independência, e focar na maratona decisiva que terá na Série B do Campeonato Brasileiro a partir deste sábado (21), quando encara o Operário-PR, às 16h30, no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa. O confronto é válido pela 22ª rodada.

Integrante do G-4 da Segundona nacional, o Coelho já acumula três partidas sem vitória na competição. E os dois pontos marcados nos últimos nove disputados, além de fazerem a equipe do técnico Lisca perder a vice-liderança para o Sampaio Corrêa, permitiram ainda a aproximação de outros concorrentes que buscam vaga no grupo que garante o acesso à Série A do Brasileirão do ano que vem.

Treinamento América Curitiba

Lisca e seu grupo de jogadores passam a pensar agora na Série B, onde o América ocupa o G-4 e briga pelo acesso

Os jogos contra o Palmeiras, adversário americano nas semifinais da Copa do Brasil, com mando de campo que será decidido por sorteio, na sede da CBF, na semana que vem, serão apenas em 23 e 30 de dezembro. Até lá, o América disputará nove partidas pela Série B em 28 dias.

É uma maratona com praticamente um jogo a cada três dias. E com confrontos decisivos, pois o time de Lisca irá encarar vários adversários diretos pelo G-4, como Juventude, Sampaio Corrêa, Paraná e Chapecoense, isso sem contar o clássico contra o Cruzeiro. Uma vantagem é que todos esses confrontos serão no Independência.

O jogo contra a líder Chapecoense, pela 30ª rodada, está marcado para 19 de dezembro, apenas quatro dias antes de o América começar a disputa das semifinais da Copa do Brasil contra o Palmeiras. Entre as duas partidas que valem vaga na final, o Coelho recebe o CRB, no Horto.

Times

No jogo deste sábado, a tendência é de que o técnico Lisca escale o que tem de melhor, mas alguns jogadores titulares podem ser poupados, justamente por causa da sequência de jogos que o Coelho vem enfrentando.

A preocupação em mandar um time forte a campo é pelo fato de o retorno à Série A ser o objetivo principal do América na temporada. O volante Zé Ricardo, com uma lesão muscular, já tinha ficado de fora do jogo contra o Internacional e será desfalque mais uma vez. Rodolfo saiu muito cansado diante do Colorado e o meia Geovane teve atuação apagada.

O Operário-PR chegou a brigar pelo G-4 no turno, mas agora ocupa o meio da tabela de classificação, e oito pontos já o separam do grupo que garantirá o acesso. Por isso, encara a partida deste sábado, contra o América, como decisão.

A FICHA DO JOGO

OPERÁRIO-PR
Thiago Braga; Alex Silva, Bonfim, Sosa e Fabiano; Jiménez (Mazinho), Marcelo e Jean Carlo; Douglas Coutinho, Ricardo Bueno e Thomaz. Técnico: Matheus Costa

AMÉRICA
Matheus Cavichioli; Diego Ferreira, Messias, Anderson Jesus e João Paulo; Flávio e Juninho; Ademir, Geovane (Alê) e Felipe Azevedo; Rodolfo (Léo Passos). Técnico: Lisca

DATA: 21 de novembro de 2020
HORÁRIO: 16h30
ESTÁDIO: Germano Krüger
CIDADE: Ponta Grossa (PR)
MOTIVO: 22ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
ARBITRAGEM: Douglas Marques das Flores, auxiliado por Gustavo Rodrigues de Oliveira e Fabrini Bevilaqua Costa, todos de São Paulo
TRANSMISSÃO: SporTV e Premiere