No dia em que completou 107 anos, o América não deu motivos para o seu torcedor comemorar.

Jogando no Independência, o Coelho perdeu por 1 a 0 para o Botafogo-SP, nessa terça-feira (30), e sofreu a segunda derrota consecutiva no Campeonato Brasileiro da Série B.

O gol da vitória do time paulista foi marcado por Marlon, aos 43 minutos do segundo tempo.

Apesar da entrega em campo, a equipe comandada pelo técnico Givanildo Oliveira sofreu com as ausências de Matheusinho e Marcelo Toscano, mostrou pouca criatividade, e ainda teve que encarar uma noite inspirada de Darley, goleiro do Bota.

O América agora terá mais tempo para juntar os cacos, recuperar os machucados e buscar a reabilitação no torneio. O Coelho volta a campo no torneio apenas no dia 11 de maio, quando vai enfrentar o Criciúma, em Santa Catarina.

Já o Botafogo, que chegou a segunda vitória na competição, tem pela frente o São Bento-SP, no dia 9 de maio, em Sorocaba.

O jogo

Jogando em casa, e precisando da reabilitação na competição, o América iniciou a partida tentando tomar a iniciativa das ações ofensivas.

Entretanto, apesar da velocidade de seu quarteto ofensivo, o Coelho esbarrava na bem armada defesa do Botafogo-SP.

A solução encontrada pela equipe alviverde foi os arremates de fora da área. A primeira, aos oitos minutos, foi de Jonatas Belusso, mas a bola sai fraca, no meio do gol.

Aos 15 minutos, a primeira oportunidade de gol do time comandado pelo técnico Givanildo Oliveira. Depois de cobrança de escanteio pela direita, Diego Jussani cabeceou livre, ea bola passou com perigo, à direita da meta defendida pelo goleiro Darley.

Um minuto depois, nova chance para o América. Belusso deu uma caneta em Jonata, e arriscou de longe, exigindo boa defesa do arqueiro da Pantera.

Apesar do domínio do Coelho, foi a equipe paulista que teve a chance mais clara de gol do primeiro tempo. Após jogada individual pela direita, o lateral Lucas serviu Erick Luis, que saiu de frente para Fernando Leal, mas parou na grande defesa do goleiro alviverde.

Mais solto em campo, o Botafogo-SP começou a se lançar mais ao ataque. Aos 23 minutos, depois de uma trama pelo lado esquerdo da defesa americana, a bola sobrou para Nadson, que finalizou por cima do gol de Leal.

A resposta do América veio dois minutos depois. O lateral João Paulo desarmou Rafael Costa, arriscou de fora da área, e Darley espalmou para escanteio.

Na parte final da primeira etapa, as equipes diminuíram a intensidade e pouco produziram no campo de ataque.

Segundo tempo

O início do segundo tempo manteve a tônica do final do primeiro. O jogo seguiu muito disputado no meio campo, com as equipes tendo poucos espaços para articular as ações ofensivas.

A primeira chance de gol da segunda etapa foi do América. Após cobrança de falta pela direita, Diego Jussani desviou de cabeça, para trás, e a bola passou muito perto do gol de Darley.

No minuto seguinte, foi a vez do Botafogo-SP ameaçar. Felipe Saraiva fez jogada pelo meio, e finalizou com força, exigindo boa intervenção de Fernando Leal.

Aos 18 minutos, o lateral Leandro Silva avançou pela direita, e ao invés de cruzar, chutou direto para gol, fazendo o goleiro da Pantera trabalhar novamente.

Melhor jogador do América em campo, Felipe Azevedo seguiu levando perigo pela ponta direita. Aos 25, o atacante fez jogada individual, passou por dois defensores, e chutou cruzado. Bem posicionado, o zagueiro Neylhor fez o corte antes que Júnior Viçosa chegasse para finalizar.

Três minutos depois, França arriscou de fora da área, pela esquerda, Darley defendeu, mas deu rebote. Na sobra, a defesa do Botafogo-SP conseguiu afastar.

Aos 36 minutos, o time paulista perdeu uma chance incrível. Nadson desarmou Juninho, e serviu Marlon, que, de frente para o gol, finalizou por cima.

Oito minutos depois, o castigo para o América. Depois de rápido contra-ataque, Higo Meritão serviu Marlon que dessa vez mostrou categoria, e bateu na saída de Leal para marcar o gol da vitória do Botafogo-SP.

 

A FICHA DO JOGO

AMÉRICA 0 

Fernando Leal; Leandro Silva, Paulão, Diego Jussani e João Paulo; Zé Ricardo e Juninho (Pedro); Felipe Azevedo, França e Jonatas Belusso (Ademir); Júnior Viçosa. Técnico: Givanildo Oliveira

 

BOTAFOGO-SP 1

Darley; Lucas, Leandro Amaro, Naylhor e Pará; Marlon Freitas, Jonata Felipe (Higor Meritão) e Nadson; Erick Luis (Murilo), Rafael Costa (Henan) e Felipe Saraiva. Técnico: Roberto Cavalo

 

DATA: 30 de abril de 2019

MOTIVO: 2ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B

LOCAL: Estádio Independência

CIDADE: Belo Horizonte

GOLS: Marlon, aos 44 minutos do segundo tempo

ARBITRAGEM: Graziani Maciel Rocha, auxiliado por Diogo Carvalho Silva e Thiago Rosa de Oliveira, todos do Rio de Janeiro

CARTÕES AMARELOS: Erick Luis e Jonata Felipe (BOT) e Zé Ricardo (AME)

PÚBLICO: 1.874

RENDA: R$7.495