Sem perder há quatro rodadas na Série B e embalado pelos 2 a 1 sobre o Cruzeiro, no clássico disputado no último sábado (29), no Mineirão, o América recebe o CSA, nesta quarta-feira (2), às 16h30, no Independência, com o objetivo de retornar ao G-4 da competição.

Por isso, o técnico Lisca segue o ditado “em time que está ganhando não se mexe” e encara os alagoanos com a mesma formação que venceu a Raposa na última rodada.

Matheusinho meia AméricaAutor do segundo gol do América no clássico contra o Cruzeiro, Matheusinho segue como opção de velociodade do ataque do time do técnico Lisca na partida desta quarta-feira, contra o CSA, pela 7ª rodada da Série B

Outra certeza do treinador é que o meia-atacante Guilherme, contratado na semana passada, fará a sua estreia nesta quarta-feira. A intenção de Lisca era lançar o jogador já contra o Cruzeiro, mas o cenário do clássico na segunda etapa o fez desistir disso.

Apesar de ter chegado há menos de dez dias no Coelho, Guilherme apresenta boas condições físicas e vira opção para fazer a armação do time ou até mesmo atuar como centroavante, funções que ele já exerceu na carreira.

O CSA tem como novidade a estreia do técnico Argel Fucks, que assume o lugar de Eduardo Baptista, demitido após a derrota de 2 a 0 para o CSA, no clássico alagoano pela Série B, no último domingo (30).

A equipe alagoana tem vários jogadores com passagem pelo futebol mineiro, como Norberto e Rafael Bilu, ex-América, e Márcio Araújo e Alecsandro, ex-Atlético, sendo que este último defendeu também o Cruzeiro.

Copa do Brasil

Além da Série B, o América disputa ainda na temporada a Copa do Brasil. Em sorteio na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), nesta terça-feira (1), no Rio de Janeiro, ficou decidido que ele encara a Ponte Preta na quarta fase.

O primeiro jogo entre os dois clubes será em 16 de setembro, às 19h, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O classificado às oitavas de final será conhecido no dia 22, também às 19h, no Independência.

Quem seguir na disputa da Copa do Brasil receberá uma cota de R$ 2,6 milhões, que é paga aos 16 participantes das oitavas de final, etapa onde entram na disputa as equipes brasileiras que jogam a Libertadores.

Na primeira rodada desta Série B, América e Ponte Preta se enfrentaram no Canindé, em São Paulo, porque Campinas ainda não podia receber jogos de futebol por causa da pandemia pelo novo coronavírus. E a vitória foi americana, por 1 a 0.

A FICHA DO JOGO

AMÉRICA
Matheus Cavichioli; Daniel Borges, Messias, Eduardo Bauermann e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho e Alê; Marcelo Toscano, Rodolfo e Matheusinho. Técnico: Lisca

CSA
Bruno Grassi; Norberto, Alan Costa, Luciano Castán e Igor Fernandes; Márcio Araújo e Geovane (Richard Franco); Nadson, Rodrigo Pimpão, Rafael Bilu e Michel (Alecsandro).

HORÁRIO: 16h30
LOCAL: Independência
ARBITRAGEM: Rodrigo Carvalhaes de Miranda, auxiliado por Carlos Henrique Cardoso de Souza e Lilian da Silva Fernandes Bruno, todos do Rio de Janeiro
TRANSMISSÃO: SporTV e Premiere