Após perder, provisoriamente, a liderança do Campeonato Mineiro no sábado, em função da vitória do Tombense em cima da Caldense, o América recuperou neste domingo a ponta da classificação. Em uma partida bem abaixo da média em termos técnicos, o Coelho se aproveitou de um vacilo da defesa do Patrocinense e, com um gol de Léo Passos, alcançou um importante triunfo, por 1 a 0, fora de casa.

O resultado confirmou os ótimos números que o alviverde detém na competição. Após nove rodadas, o time comandado por Lisca é o único invicto, é o que mais venceu (seis vezes, assim como o Tombense), é dono do melhor ataque (15 gols, mesmo desempenho da equipe de Tombos e o Atlético) e é o primeiro clube a se classificar às semifinais do torneio.

Sem perder na temporada (sete vitórias e cinco empates, contabilizando jogos do Estadual e da Copa do Brasil), o América enfrentaria a Ferroviária nesta quinta-feira, pela volta da terceira da Copa do Brasil, e o Atlético, no domingo, pelo Mineiro. No entanto, as partidas foram adiadas pela CBF e a FMF.

América

O jogo

Tecnicamente, o primeiro tempo da partida deixou a desejar. A quantidade no número de cartões evidenciou a faceta de jogo truncado: foram quatro distribuídos para os americanos e um para a equipe da casa.

Mesmo assim, teve gol do Coelho. Aos 19 minutos, Alisson vacilou, perdeu a bola para Léo Passos, que tocou no canto direito do goleiro Luiz Miguel: 1 a 0.

A segunda etapa seguiu um roteiro similar com relação ao futebol. Para o alviverde, acabou sendo positivo, por garantir a vantagem no placar até o fim e comemorar um triunfo que o recoloca na liderança da classificação.

PATROCINENSE 0 X 1 AMÉRICA
DATA
: 15 de março de 2020
MOTIVO: 9ª rodada da fase classificatória do Campeonato Mineiro
LOCAL: Estádio Pedro Alves do Nascimento
CIDADE: Patrocínio
ARBITRAGEM: Antônio Márcio Teixeira da Silva, auxiliado por Pablo Almeida Costa e Leonardo Henrique Pereira
CARTÕES AMARELOS: Marcelo (Patrocinense); Felipe Augusto, Léo Passos, Lucas Kal, Flávio (América)
GOLS: Léo Passos aos 19 minutos

Patrocinense
Luiz Miguel; Marcelo, Alisson, Gregory e Pedro Rosa; Léo Costa (Jayme), Alemão, Diego Luís (Daniel Menezes) e Giba (Rafael Gladiador); Rodney e Paulo Renê
Técnico: Thiago Oliveira

América
Airton; Rickson, Lucas Kal, Eduardo Bauermann e Sávio; Flávio, Juninho, Alê (Joseph) e Léo Passos (Lucas Luan); Felipe Augusto (Ademir) e Rodolfo
Técnico: Lisca