A invencibilidade de dois meses do América na temporada foi para o lago abaixo na noite deste sábado. Derrotado por 1 a 0 pelo Luverdense, o Coelho segue sem vitórias na Série B do Campeonato Brasileiro. Com o revés, os mineiros caíram para a 17ª posição, com 1 ponto. Já o time de Mato Grosso chegou aos 3 e subiu para a 10ª colocação. O Botafogo, que derrotou o CRB de Alagoas por 4 a 1, lidera a competição com seis pontos.

"Não podemos deixar os times da frente se distanciarem. O time (América) jogou melhor no segundo tempo, mas não conseguimos empatar. Agora é descansar para enfrentar o Ceará pela Copa do Brasil", disse o atacante Cristiano, que entrou na segunda etapa e não conseguiu ajudar o Coelho a evitar a derrota.

Na próxima rodada, os alviverdes enfrentam o Santa Cruz, no Independência. No entanto, antes disso, o América tem um outro compromisso: encarar o Ceará, em Fortaleza, buscando a classificação para a terceira fase da Copa do Brasil. No primeiro jogo, em Belo Horizonte, as duas equipes empataram em 1 a 1. O duelo será nesta quarta-feira (20). 

 

O Jogo

O empate do Coelho na rodada de estreia (1 a 1 contra o Bahia) parece ter mexido com a cabeça do técnico Gilvanildo Oliveira. Prova disso, é que o treinador do Coelho ousou e escalou a equipe com três atacantes (Willie, Felipe Amorim e Toscano), no duelo deste sábado (16) contra o Luverdense. Já nos mato grossenses, derrotados pelo Náutico na primeira rodada, a grande novidade foi a estreia do atacante Luiz Eduardo, artilheiro da Caldense no Campeonato Mineiro, com sete gols marcados. No entanto, a melhor chance do "homem gol" foi uma bola na trave, aos 4 minutos de jogo.

O duelo no estádio Passo das Emas começou truncado e com bastante estudo entre as duas equipes. Contudo, o time da casa foi quem explorou os atalhos da defesa alviverde nos primeiros minutos, chegando com perigo ao gol de João Ricardo em três oportunidades.

Aos 24 minutos, o volante Thiago Santos, do América, desviou a bola com o braço, após um chute de Diego Rosa, e a penalidade foi assinalada. Na cobrança, Osman mandou a bola para um lado e o goleiro mineiro pulou para o outro. Naquele momento, um temporal castigava quem estava em campo e também nas arquibancadas.

Aos 36, ainda com muita chuva, o Coelho esboçou reação, mas não conseguiu tirar o zero do placar. Felipe Amorim arriscou um chute da grande área, a bola fez uma curva e acertou a trave dos donos da casa. E assim foi o primeiro tempo.

Na segunda etapa, os mineiros partiram para cima e buscaram a todo instante o empate. Se expondo mais na defesa, acabou oferecendo espaços e o Luverdense, que se propôs a sair apenas nos contra-ataques, também foi perigoso quando chegou próximo ao gol de João Ricardo.

Apesar das boas oportunidades criadas pelas duas equipes, o placar de 1 a 0 para os donos da casa foi mantido até o apito final.

 

Ficha técnica

Luverdense: Edson Kölln, Raul Prata, Everton, Montoya, Paulinho; Ticão (Júlio Terceiro), Michel Schmöller, Osman (Rafael Tavares), Diego Rosa; Luiz Eduardo (Raphinha) e Ciro.

Técnico: Júnior Rocha

América: João Ricardo, Walber, Anderson Conceição, Wesley Matos, Raul; Leandro Guerreiro, Thiago Santos, Tony (Cristiano); Willie (Sávio), Felipe Amorim e Marcelo Toscano.

Técnico: Givanildo Oliveira

Gols: Osman, para o Luverdense, aos 26 minutos do 1T.

Arbitragem: André Luiz de Freitas, auxiliado por Edson Antonio de Sousa e Leone Carvalho

Cartões Amarelos: Michel, Diego Rosa (Luverdense); Thiago Santos (América)

Público e Renda: não divulgados