Autor da gol da vitória do América sobre o Guarani-SP, neste domingo (25), pelo Campeonato Brasileiro, o meia Flávio, de apenas 19 anos, promessa do Coelho, diz que "sentiu" que era o momento em que ele marcaria o tento, quando o lance aconteceu no estádio Independência. Ao final da partida emocionante, que fez o time mineiro pular para o 13º lugar na tabela, o jovem foi às lágrimas.

Natural de Novo Horizonte, no Norte de Minas, Flávio é promessa da base americana. Ele havia entrado no jogo aos 27 minutos do segundo tempo, quando a partida ainda era vencida por 2 a 1 pelo Coelho. Na sequência, viu o Guarani empatar, a arbitragem anular um gol legítimo do alviverde e pôde marcar o gol derradeiro aos 47 minutos do segundo tempo.

Em entrevista ao Sportv, o jovem chorou muito, e teve dificuldades em definir o momento que havia vivido. "Agradeço muito por tudo que já passei até hoje. Estou emocionado porque é meu primeiro gol de muitos, se Deus quiser. Não tenho nem palavras para descrever isso”, afirmou.

O Flávio é um menino humilde que veio de Novo Horizonte, no Norte de Minas. Estou muito emocionado porque passei por muita coisa pra chegar até aqui.

Perguntado sobre o lance do gol, o jovem disse que havia treinado várias vezes este tipo de tento. “A gente já vinha treinando esses chutes, e quando entrei eu senti que ia sobrar uma bola pra eu chapar (chutar) igual a gente estava treinando. E na hora que aconteceu eu lembrei do treino. E quando sai comemorando, me deu vontade de chorar, por tudo. Veio um filme na minha cabeça por estar estreando hoje e fazendo o gol da vitória. Mandar um beijo para a minha família e só agradecer", comentou.

Quem também se emocionou foi o técnico Felipe Conceição. Na entrevista coletiva após o jogo, o treinador disse que Flávio "é um menino que vem pedindo passagem". Para o técnico, o meia foi premiado com o gol da vitória porque trabalha muito forte e tem muito potencial. Veja o momento em que o treinador se emociona: 

A vitória sobre o Bugre levou o Coelho para o 13º lugar com 21 pontos, enquanto o time de Campinas continuou na última posição com 13. Agora, o alviverde vai respirar aliviado, mas só um pouco. É que já na quarta-feira (28), o América visita o São Bento, no interior paulista, em mais um duelo direto contra a degola. O jogo será às 19h15, no estádio Walter Ribeiro. No mesmo dia, o Guarani recebe o Londrina, no Brinco de Ouro da Princesa.

Leia Mais:
Em jogo recheado de emoções, América bate o lanterna Guarani, e se afasta da zona de rebaixamento
América entra em campo com camisa cinza em campanha de alerta a incêndios florestais na Amazônia