A derrota para o Sport foi dolorosa para os americanos. Isso porque o Coelho vencia a equipe pernambucana por 1 a 0 até aos 45 minutos do segundo tempo, mas sofreu a virada em três minutos. Com o revés, o América segue na penúltima colocação sem saber o que é vitória na Série B. 

O atacante Ademir marcou o gol americano e se encaminhava para ser o herói da partida. Mas a alegria se transformou em lamentações após o apito final. “Saio chateado pelo jogo que a gente fez. Fizemos um jogo muito bem feito e levamos a virada em três minutos. Agora é trabalhar para a próxima partida”, destacou Ademir.

O técnico Maurício Barbieri, que fez o segundo jogo à frente do Coelho, relacionou a derrota à falta de atenção da equipe no momento crucial do jogo. "Os erros explicam. Um erro individual no pênalti, um erro coletivo ali. A equipe sentiu muito", explicou Barbieri. 

"Primeiro a gente tem que corrigir estes erros de desatenção, de tomada de decisão. Se o jogo estivesse terminado 1 a 0, não chegaria aqui falando que está tudo correto. E depois que a gente sofreu dois gols, não vou falar que está tudo errado. A gente vai corrigir com trabalho e dedicação. Não será da boca para fora. Temos que trabalhar bastante", completou o treinador. 

O América tentará a primeira vitória na Série B contra o lanterna Brasil de Pelotas, no sábado (25), às 19h, no estádio Bento Freitas. 

Leia mais:

América vacila, cede virada ao Sport nos últimos minutos e segue sem vencer na Série B