Bryan recuperou a vaga de titular na lateral esquerda do América e ilustra uma das imagens da Loja Oficial do clube, inaugurada semana passada. O prestígio cresceu nos últimos dias. Fora dele, agora, o jogador busca renovação de contrato e, automaticamente, valorização. A diretoria do Coelho ratifica a vontade de permanecer com o prata da casa. Para tanto, novas conversas nesta semana podem selar o "fico" do camisa 6.

"Nós fizemos uma proposta para ele e ainda estamos em negociação. Nesta semana, vamos voltar a nos encontrar. Vamos ver se a gente avança e fecha a renovação dele. Há a vontade das duas partes", disse Euler Araújo, um dos nove presidentes do Conselho Administrativo do América, ao Hoje em Dia.

O América corre contra o tempo. Afinal, sabe que pode perder Bryan para qualquer equipe sem receber nenhuma compensação por isso. O atual vínculo do jogador no Lanna Drummond termina em agosto. Ou seja, desde o fim de fevereiro que ele pode assinar pré-contrato com outro clube.

Uma das agremiações especuladas foi o Atlético. Entretanto,  Euler disse que não houve nenhuma manifestação de interesse por parte do alvinegro.

"Não chegou nada do Atlético para mim. Ele quer ficar, o América quer contar com ele. Há a vontade das duas partes. Agora é ajustar o acerto, questão de prazo e valores", completou Araújo.

Por outro lado, o também presidente Alencar da Silveira Jr. fez um discurso maleável. Segundo o deputado estadual e mandatário do Coelho, não existiria objeção do clube caso Bryan quisesse assinar com o Galo.