No ano em que voltará a disputar a Série A do Campeonato Brasileiro, o América já enfrentou quatro equipes da Primeira Divisão e sofreu apenas uma derrota. Para o capitão Leandro Guerreiro, ainda é cedo para o time alviverde se empolgar, mas o trabalho até o momento é considerado satisfatório.

"Evidente que isso nos dá bastante confiança. Sabemos que o nosso grupo está sendo montado e tem várias peças novas, mas estamos crescendo. Acho que, nesses jogos contra times da Série A, já mostramos a nossa cara sim. Deu para ver que o trabalho está no caminho certo", avalia o volante.

Pela Copa Sul-Minas, o Coelho venceu o Figueirense (1 a 0), perdeu para o Flamengo (1 a 0) e empatou com o Atlético (1 a 1). Já pelo Estadual, arrancou um ponto diante do Cruzeiro no Mineirão (1 a 1). Vale ressaltar que, nos dois clássicos locais e no duelo contra o Urubu, o time alviverde atuou na condição de visitante.

Apesar de ter sofrido apenas uma derrota, o América acumula, nesses quatro confrontos, um aproveitamento de apenas 42%. Para efeito de comparação, o menor rendimento para se manter na Primeira Divisão em 2015 foi o do Figueirense, com 37% dos pontos conquistados.

"Claro que tem jogadores chegando e se adaptando ainda, mas nunca um time de futebol está 100% pronto. Então, sempre vamos buscar melhorar, para que o nosso time possa encarar os adversários de frente, porque o nosso objetivo não é fazer feio não. Nosso objetivo é fazer bonito em qualquer competição", concluiu.

Campeonato Mineiro

O elenco do América voltou aos treinos nesta quinta-feira (3) à tarde. Enquanto os titulares no clássico contra o Atlético fizeram trabalho regenerativo, os demais jogadores participaram de um coletivo em campo reduzido.

Logo após a atividade, a delegação seguiu viagem para a cidade de Muriaé, na Zona da Mata, onde enfrentará o Tricordiano, neste sábado, às 16h.

Para o confronto, o técnico Givanildo Oliveira não poderá contar com o lateral-direito Jonas e com o meia-atacante Osman, artilheiro do Campeonato Mineiro. Ambos reclamaram de dores musculares e foram poupados da viagem.