Classificado!

América volta a vencer o CSA e se classifica às oitavas de final da Copa do Brasil

Thiago Prata
@ThiagoPrata7
10/05/2022 às 20:51.
Atualizado em 10/05/2022 às 20:54
 (Mourão Panda/América)

(Mourão Panda/América)

Sem sustos e promovendo mudanças em sua equipe titular, como o retorno de Marlon na ala esquerda e o ingresso de Cáceres na lateral direita, o América venceu o CSA por 2 a 0, com gols de Índio Ramírez e Rodriguinho, no Independência, nesta terça-feira (10), pela partida de volta da terceira fase da Copa do Brasil, e avançou às oitavas de final. O Coelho já havia ganhado o duelo de ida por 3 a 0, em Maceió.

Além da vaga na próxima etapa do torneio, o Alviverde garantiu mais R$ 3 milhões aos seus cofres, por conta da classificação.

Agora, o time comandado pelo técnico Vagner Mancini passa a pensar no Campeonato Brasileiro. Neste domingo (15), às 17h30, o América visita o Coritiba, no Couto Pereira. Atualmente, o Coelho ocupa o quarto lugar da competição por pontos corridos, com nove pontos.

O jogo

O América demorou apenas três minutos para abrir o placar e aumentar sua vantagem contra o CSA. Índio Ramírez arriscou da entrada da área e contou com um desvio da defesa adversária para mandar a bola no ângulo direito do goleiro Marcelo Carné.

O time mineiro chegou a estufar as redes ainda na etapa inicial com Felipe Azevedo. No entanto, a arbitragem assinalou falta de Conti em cima de Lucas Marques no lance e anulou o gol.

A vantagem foi ampliada no segundo tempo, com Rodriguinho anotando um golaço, aos 38 minutos. E olha que poderia ter sido mais, já que o Alviverde criou outras boas oportunidades. No placar agregado: 5 a 0. Classificação incontestável.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA 2 X 0 CSA

América
Jailson, Cáceres, Maidana, Conti e Marlon; Lucas Kal, Juninho Valoura (Rodriguinho) e Índio Ramírez (Arthur); Gustavo (Kawê), Felipe Azevedo (Pedrinho) e Henrique Almeida (Aloísio)
Técnico: Vagner Mancini
 
CSA

Marcelo Carné; Lucas Marques, Werley, Douglas Nascimento (Igor) e Ernandes (Marcel); Giva (Yann Rolim), Gabriel e Felipe Augusto (Diego Renan); Osvaldo (Luiz Henrique), Dalberto e Bruno Mezenga
Técnico: Mozart
 
Motivo: jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil
Data: 10 de maio de 2022 (terça-feira)
Local: Independência
Cidade: Belo Horizonte
Arbitragem: Rafael Traci, auxiliado por Henrique Neu Ribeiro e Jonny Barros de Oliveira, todos catarinenses
Cartões amarelos: Rodriguinho (América); Douglas Nascimento, Bruno Mezenga e Igor (CSA)
Gols: Índio Ramírez aos 3 minutos do primeiro tempo; Rodriguinho aos 38 do segundo tempo

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por