Ganhar três partidas seguidas defendendo a meta do Cruzeiro não é nenhuma novidade para o goleiro Fábio. No entanto, o vitorioso arqueiro e ídolo da Raposa almeja alcançar tal feito pela primeira vez neste Brasileirão diante do Fortaleza, neste sábado (26), a partir das 21h, no Mineirão.

Para vencer a terceira partida seguida e tentar sair da zona de rebaixamento já nesta rodada, o Cruzeiro terá que superar a equipe comandada pelo velho conhecido Rogério Ceni. No entanto, o fato do atual treinador do Fortaleza conhecer bem o elenco cruzeirense não assusta o goleiro cruzeirense.

“O jogo é decidido dentro de campo. Ele trabalhou aqui durante um tempo, a gente também aprendeu boas coisas com ele, que já conhecia muito do nosso time, por termos vencido a Copa do Brasil de 2017 e 2018. Ele conhece bem o futebol, mas tudo acontece dentro de campo”, declarou Fábio

a

Ainda sobre Rogério Ceni, Fábio afirmou que os problemas do treinador com o elenco e sua saída conturbada da Raposa já ficaram para trás, e o foco dos jogadores é livrar o Cruzeiro do momento delicado que vive.

“A gente tem que deixar as coisas negativas para trás, viver coisas novas e passar um bom exemplo para as outras pessoas, que vão ter a oportunidade de ver que foi um momento difícil tanto dentro como fora de campo. O que aconteceu tinha que acontecer, e a gente tomou isso como um momento para aprender muitas coisas e salvar o Cruzeiro dessa situação a qualquer custo”, disse.

WP9

Além de Rogério, o Fortaleza aposta em outro velho conhecido da torcida celeste para surpreender a Raposa dentro do Mineirão. Principal atacante da equipe, Wellington Paulista conhece bem o caminho do gol no Gigante da Pampulha. Responsável por tentar impedir a famosa “Lei do Ex”, Fábio revelou que ainda tem boa relação com o ex-cruzeirense.

“O Wellington (Paulista) se identificou muito bem aqui no Cruzeiro quando foi contratado. Ele é um cara muito bom de ambiente, brincalhão, está sempre em alto astral. Tivemos uma convivência muito boa, tanto que a gente leva essa amizade por muito tempo depois que ele saiu aqui do Cruzeiro”, completou Fábio.

Para deixar a zona de rebaixamento nesta rodada, além de bater o Leão do Pici, a Raposa terá que ficar na torcida contra Fluminense e Ceará, que também entram em campo neste sábado.

Hugo Lobão sob supervisão de Thiago Prata